Faturamento de pequenas empresas em SP cresce 8,2% em junho

Setores de serviço e comércio impulsionaram a alta

São Paulo – O faturamento das micro e pequenas empresas paulistas cresceu 8,2% em junho, na comparação com o mesmo mês do ano passado. Segundo pesquisa do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), essas companhias faturaram R$ 27,2 bilhões nesse período. No semestre, a alta é 4,7% superior ao mesmo intervalo de 2010.

O crescimento de junho foi impulsionado pelo setor de serviços (12%) e pelo comércio (9,9%). Esses setores apresentaram, no primeiro semestre, expansão de 10,5% e 3,8%, respectivamente. O Sebrae relacionou o resultado à evolução da renda e do emprego.

As indústrias, entretanto, apresentaram queda de 1,1% em junho, o mesmo percentual do acumulado no primeiro semestre. Para o Sebrae, a queda reflete as restrições na oferta de crédito e a concorrência com os produtos importados.

O município de São Paulo foi onde os pequenos empreendimentos obtiveram melhor desempenho, com aumento de 6,4% nos ganhos nos primeiros seis meses do ano. Na região metropolitana, o crescimento foi 4,4% e, no interior, 4,9%. No Grande ABC houve retração de 1,2%.

Os empresários, no entanto, estão otimistas sobre o desempenho dos negócios nos próximos meses. Na opinião de 54% dos entrevistados pela pesquisa, a empresa manterá a receita nos próximos meses e 30% esperam um aumento do faturamento. Em relação à economia brasileira, 51% acreditam que o atual nível de atividade será mantido e 26% prevêem melhora.