Empresas de olho: para muitos brasileiros, Black Friday 2018 não acabou

Google mostra que 22% dos brasileiros acham que a Black Friday ainda está acontecendo. 25% estariam dispostos a continuar comprando

São Paulo – Se você acha que a oportunidade de oferecer descontos no seu negócio acabou após o último 23 de novembro, também conhecido como a Black Friday 2018, está muito enganado. É o que dizem, ao menos, cerca de um quinto dos brasileiros. 

De acordo com uma pesquisa feita pela gigante de tecnologia Google, 22% dos usuários nacionais acreditam que exista uma pós-Black Friday. Para 6%, a temporada de compras corresponde a todo mês de novembro. Para outros 8%, ela ocorre nesta semana, entre 25 e 30 de novembro. Também outros 8% acreditam que ela aconteça apenas na próxima sexta-feira, 30 de novembro. Ao todo, 33% dos brasileiros não sabem a data oficial da Black Friday.

Essa confusão pode beneficiar varejistas que queiram continuar desovando seus estoques, mesmo com uma Black Friday que superou expectativas.

Apenas na quinta e sexta-feira, o faturamento do e-commerce foi de 2,6 bilhões de reais, 23% acima do mesmo período no ano passado e acima das expectativas da consultoria Ebit, de 15%. No total, o volume de vendas da Black Friday, de quinta a domingo, representou um crescimento de 11,2% quando comparado com o mesmo período do ano passado. Em 2017 o crescimento foi de 8,8%, segundo dados do Índice Cielo do Varejo Ampliado (ICVA).

A Cyber Monday, outro dia de descontos que aconteceu em 26 de novembro, teve uma alta de 20,7% em relação a 2017.

Intenção de compra

Cerca de 25% dos entrevistados pretendem continuar comprando na semana pós-Black Friday, desde que os empreendimentos continuem com promoções ativas.

O movimento deve ser impulsionado pelo recebimento da primeira parcela do 13º salário, que deve ser feito até dia 30 de novembro. O benefício significa uma injeção de 211,2 bilhões na economia brasileira como um todo, diz o Google. Cerca de 31 milhões de pessoas usarão o benefício para compras, totalizando 74 bilhões de reais gastos.

Dicas para aproveitar a Black Friday 2018

O que ofertar? Vale ficar de olho nas categorias mais pesquisadas no dia 23 de novembro: Limpeza (32%), Pneus (31%), Eletrodomésticos (30%), Móveis (27%) e Decoração (22%).

Sobre o 13º salário, os entrevistados disseram que o usarão para comprar Roupas e Calçados (27%), Móveis e Artigos para Casa (26%), Celulares (19%), Computadores ou Videogames (15%), Eletrodomésticos e Eletroportáteis (15%) e Televisão (9%).

Mário Rodrigues, diretor do IBVendas, já deu algumas dicas de como aproveitar a Black Friday 2018 e que continuam válidas. Primeiro, não embarque na onda de oferecer promoções falsas, conhecida pelos brasileiros como “Black Fraude”. Isso pode manchar a reputação do seu empreendimento permanentemente.

Outra estratégia é apostar em promoções que beneficiem tanto clientes fidelizados quanto novos, garantindo novas compras fora do frenesi de consumo. Seus consumidores antigos podem ganhar um desconto ainda maior se trouxerem amigos para a loja, por exemplo, e verão o valor de se associar ao seu negócio.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s