Empresário destaca a importância do modelo de negócio

Yuri Gitahy, fundador da empresa Aceleradora, que oferece apoio para startups, ressalta pontos que o empreendedor deve perceber ao abrir uma empresa

São Paulo – Como gerir e viabilizar um modelo de negócio? O assunto foi tema de palestra apresentada ontem por Yuri Gitahy no estande do Sebrae na Campus Party 2012, no Anhembi, em São Paulo. O empresário é parceiro do Sebrae no reality show Like a Boss.

Yuri fundou em 2008 a empresa Aceleradora, que oferece apoio para que startups, modelos inovadores de negócios, saiam do papel. Desde sua origem, o empreendimento já deu mais de dois mil feedbacks (retornos) a projetos do Brasil inteiro e aportou R$ 1 milhão em recursos.

O palestrante citou o caso da companhia de circo canadense Cirque du Soleil como um bem-sucedido modelo de negócio. “Vários grupos surgiram com proposta artística semelhante à do Cirque du Soleil. Porém, eles são os mais lembrados porque inovaram ao criar diversas trupes, que viajam pelo mundo com vários espetáculos, ao invés de formarem um único grupo”, destacou.

Yuri falou ao público sobre a Business Model Generation, que em português significa Geração de Modelo de Negócio. Essa referência internacional estabelece parâmetros para quem pensa em abrir uma empresa. Segundo ele, quem tem uma ideia precisa saber sintetizá-la no modelo para depois implementá-la por meio do plano de negócios.

A ferramenta estimula o empreendedor a pensar sobre questões como custo, canais de relação com o cliente, fontes de receita e possíveis parceiros.