Empresária diminui desperdício com medidas inovadoras

Uma das ações é motivar os funcionários da vidraçaria estipulando metas de trabalho

Salvador – Desejando inovar e progredir, a empresária Elisângela Machado de Sousa resolveu mudar. Ela é proprietária da empresa Cristralis, uma vidraçaria que atua há seis anos em Barreiras, e decidiu redirecionar sua conduta gerencial. Agora, todos os funcionários estão mais envolvidos nos processos de produção e entrega dos produtos.

Primeiro, a empresária adotou medidas simples para se aproximar da equipe de trabalho, como promover todos os dias um café da manhã na empresa. Também estipulou uma escala de metas e premiação para motivar os empregados. Outra estratégia foi montar uma planilha de ações, que vão desde o controle da matéria-prima até a entrega do pedido ao cliente. Elisângela também delimitou etapas do processo de produção, delegando funções. Assim, segundo a empresária, é possível acompanhar detalhadamente todo o processo de venda e despacho do produto e onde estão as falhas.

Elisângela diz que as novas atitudes surgiram depois do ingresso no Programa de Alavancagem e Inovação (PA&I), no fim de outubro. “Já tenho resultados animadores, com serviços mais dinâmicos e a empresa transformada”, comemora. O programa é desenvolvido pelo Sebrae e tem como objetivo capacitar o empresário e torná-lo mais competitivo. Os conceitos explorados estimulam a gestão empresarial que busca resultados e implementação de mudanças contínuas para se manter no mercado.

O PA&I é dividido em instrutoria e consultoria individual, com a visita do consultor à empresa. Em um primeiro momento, os participantes têm aulas objetivas e realizam dinâmicas em grupo. Após cada aula, o participante recebe uma atividade que consiste em aplicar conceitos do programa na empresa.

Para o consultor do Sebrae na Bahia que ministrou o Programa de Alavancagem e Inovação, Robert Taylor, cada negócio aproveita de maneira diferente o conteúdo oferecido, sempre de acordo com as necessidades organizacionais e com o tipo de atividade que praticam.

O coordenador da unidade do Sebrae em Barreiras, Emerson Cardoso, acredita que, além de reavaliar e adequar todos os processos da empresa, o curso serviu para melhorar a gestão e criar indicadores de resultados. “Foram trabalhadas ferramentas fundamentais para auxiliar nossos empresários na tomada de decisão”.

A próxima instrutoria do Programa de Alavancagem e Inovação tem início no dia 28 de novembro, em Luís Eduardo Magalhães.