Empresa vende roupas e acessórios feitos de maconha

Roupas e mochilas feitas com a erva são mais duráveis e resistentes do que o algodão convencional

São Paulo – Uma empresa americana encontrou um uso menos polêmico para a maconha. A Datsusara fabrica materiais como uniformes de artes marciais, mochilas e acessórios esportivos tendo a planta como principal matéria-prima. Criada pelo californiano Chris K. Odell, a companhia recebeu esse nome para traduzir o pensamento de seu fundador.

A palavra Datsusara é de origem japonesa e significa algo como “deixar a vida de trabalhador assalariado”. Assim como a alcunha, a escolha do material não foi por acaso. De acordo com o site da companhia, os produtos foram feitos para ter a mesma qualidade e resistência de roupas militares.

Inicialmente, o público alvo era formado por lutadores de MMA (artes marciais mistas, da sigla em inglês) e a maconha, junto com o bambu (também usado na confecção), gera esse resultado. Além disso, equipamentos e roupas feitos com a erva são mais duráveis do que os de algodão, facilitam a respiração da pele e são antibacterianos.

Atualmente, após quase seis anos da fundação da companhia, a marca continua voltada para praticantes de esportes, mas também pode ser uma opção para quem não deseja seguir a corrente dominante no mundo da moda. A Datsusara envia seus produtos para o mundo todo e tem distribuidores na Austrália, no Canadá, Alemanha, Singapura e Reino Unido.