Empreendedoras vendem vestidos de noiva pela internet

O site Noiva nas Nuvens pretende faturar 500 mil reais no primeiro ano de operação

São Paulo – As irmãs Samantha, Daniela e Tatiana Fasolari se uniram para criar um dos primeiros e-commerce nacional de vestidos de noiva. A ideia do "ateliê virtual" veio de Samantha, enquanto buscava vestido para o próprio casamento. “Quase todo mundo que empreende nesse mercado teve uma experiência própria. Ainda é um mercado bastante informal, comparado com os Estados Unidos, onde 20% dos vestidos são vendidos online”, conta.

Depois de passar uma temporada nos Estados Unidos, ela resolveu investir em produtos com foco para classe C, que tivessem um bom custo-benefício. O Noiva nas Nuvens entrou no ar há cerca de 10 dias e vende vestidos que custam, em média, 2,5 mil reais. “O nosso grande pulo de gato é ter uma gestão de custos muito justa, para ter um preço melhor. Esse preço é de 20% a 30% o valor do primeiro aluguel na Rua São Caetano [região paulista conhecida pelo comércio de vestidos]”, diz Samantha.

As irmãs investiram 380 mil reais no site e esperam faturar 500 mil reais nos primeiros doze meses de operação.

As peças foram desenhadas pela empresa e são produzidas por diversos fornecedores no Brasil e no exterior. Segundo a empreendedora, os modelos podem ser feitos sob medida ou pronta entrega. “A gente lançou 35 modelos e deve ter novas coleções a cada seis meses, com 10 a 15 modelos novos”, diz.