Dicas de marketing dos leitores que podem ajudar seu negócio

Pedimos aos nossos leitores ideias de ações de marketing para pequenos negócios e eles enviaram ótimas sugestões. Veja:

Conheça as dicas de marketing dos leitores que podem inspirar o seu negócio
Escrito por Mônica Lobenschuss, especialista em marketing e mídias sociais

A vida dos empreendedores, muitas vezes, é um pouco solitária. Claro que você tem a sua equipe, os seus clientes e parceiros, mas na hora de pesquisar inovações e de conhecer as novidades, em muitos casos, o trabalho é só seu. Não seria ótimo poder ouvir as sugestões de outras pessoas e contar com mais colaboração, cada um compartilhando o que faz e os resultados que consegue?

Pois foi exatamente o que um grupo de leitores dessa coluna fez! Em fevereiro, quando publicamos o texto “Um passo a passo para o seu negócio investir em marketing“, com dicas para campanhas e outras ações de marketing, pedimos para que as pessoas compartilhassem as suas experiências, pra ajudar outros empreendedores com ideias.

Entre as sugestões recebidas, duas vieram do segmento de alimentação, e vamos contar agora para vocês.

O Gilberto Junior, do Premiatto, por exemplo, explicou que estão focando mais no marketing digital nesse ano, com ações no Facebook e no Instagram. Com essa estratégia conseguiram aumento significativo de vendas, além de mais fidelização. Com certeza, é um feedback muito positivo!

Além de agradecer ao Gilberto pela colaboração que, com certeza, ajudará muitas pessoas, gostaria de dizer que quem prova o melhor do cardápio das redes sociais sempre fica satisfeito, fazendo uma alusão ao segmento de restaurantes. Afinal, é justamente para o Facebook e o Instagram que os brasileiros mais dedicam tempo. Divulgar os pratos, promoções e receitas, além de making off, pode ser uma ideia muito positiva para conquistar mais audiência e compartilhamentos. Além disso, no caso de franquias, por exemplo, é possível investir em campanhas no Facebook voltadas a determinado bairro, cidade ou região, atingindo diretamente e o público que a marca quer impactar.

Em qualquer caso, vale a regra de outro de não publicar só propaganda, mas também entregar conteúdos relevantes, de interesse dos clientes, como dicas de receitas, curiosidades sobre ingredientes, pratos típicos de roteiro de viagens, receitas que fizeram sucesso no cinema em determinados filmes, além de postar (com autorização) fotos do dia a dia, de clientes no restaurante, confraternizações etc.

Outro leitor que recebe o nosso obrigado é o Guilherme de Andrade, do restaurante http://www.yamisushi.com.br, que ao ler a matéria teve várias ideias para aplicar no seu negócio, para alavancar as vendas:

1. Engajamento nas redes sociais, como Facebook e Instagram. Afinal de contas, empresas que não estão nas redes sociais já começam perdendo clientes.

2. Comemoração de 1 ano do restaurante.

3. Promoções semanais para os dias de baixos movimentos, e produtos com mais margem de lucro.

4. Fortalecimento dos parceiros que fazem entrega delivery, como Ifood e Pedidos Já, por exemplo, além de promoções específicas para esses canais.

5. Curso básico de sushi, para agregar valor à marca e engajar novos clientes, além de fidelizar os já existentes.

Não preciso dizer que as ideias do Guilherme podem ser uma excelente fonte de inspiração para outros restaurantes, certo? Novamente, Facebook e Instagram são os melhores canais para investir nas redes sociais. Se quiser ousar um pouco, que tal um planejamento para o Snapchat, que ainda é pouco explorado nesse segmento pela concorrência?

Para a comemoração do aniversário, a casa pode sugerir um concurso cultural, por exemplo, para engajar os clientes e atrair outros. Além das promoções semanais, outra ideia fácil de ser implementada é um programa de fidelidade. Assim, os clientes conquistam e acumulam pontos que depois poderão ser trocados por uma sobremesa, descontos, um drinque especial ou outra vantagem.

O fortalecimento das parcerias de venda também pode ser explorado e divulgado nas redes sociais e até em campanhas de e-mail marketing para os clientes da casa. E o curso de sushi pode ser ainda mais trabalhado nas redes sociais. Que tal um desafio, por exemplo, para as pessoas compartilharem as suas receitas?

As dicas dos leitores que colaboraram com essa coluna são muito valiosas e podem fazer toda a diferença no seu negócio, mesmo que não seja um restaurante. Todas as sugestões dessa matéria podem ser adaptadas para qualquer empresa. Mas, mesmo assim, se você tiver alguma dúvida específica sobre o seu segmento ou alguma ação ou estratégia, mande para esta redação, pois poderá ajudar várias pessoas!

Mônica Lobenschuss é fundadora da franquia de mídias sociais Social Lounge.

Envie também suas dúvidas sobre marketing e redes sociais para pme-exame@abril.com.br.