De hidratante a bolo de aniversário, conheça negócios inusitados para pets

Empreendedores do setor expuseram seus produtos na Feira do Empreendedor Sebrae, que aconteceu em São Paulo de 7 a 10 de abril

São Paulo – Cada vez mais, os animais de estimação são vistos como filhos, bebês ou membros da família. Nessa onda, surgem produtos mais sofisticados para cães e gatos, como alimentos semelhantes aos de humanos, planos de saúde e até hidratantes para as patinhas.

O mercado de produtos para animais de estimação continuou crescendo mesmo durante a crise econômica, com alta de 5% ao ano, e tende a se fortalecer ainda mais nos próximos anos, de acordo com dados da Abinpet (Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação).

Atentos a essa tendência, empreendedores do setor expuseram seus produtos na Feira do Empreendedor Sebrae, que aconteceu em São Paulo de 7 a 10 de abril. O site EXAME visitou a feira e apresenta abaixo algumas das novidades.

Saudável para cachorro

Os animais são considerados filhos, bebês ou membros da família para quase dois terços dos donos de pets, de acordo com uma pesquisa da CVA Solutions. Por isso, nada mais natural do que inclui-los no plano de saúde da família. Enquanto em 2016 apenas 3,1% dos animais possuíam plano de saúde, em 2018 são cerca de 8,7%.

Rogério Sutto, representante de marketing da Dr. Pet, acredita que a cobertura irá crescer à medida em que as pessoas descobrirem que o serviço existe. A Dr. Pet, criada em 2010, é uma das companhias que tenta abocanhar esse mercado. Com quatro tipos de planos diferentes, a empresa pode cobrir até exames sofisticados, internações e cirurgias. O animal ganha inclusive uma carteirinha, com seu nome e fotografia.

A companhia começou a se expandir em 2014, depois que mudou de dono. Passou alguns anos construindo sua rede credenciada e hoje já tem pelo menos uma clínica que atenda ao plano em cada capital do país.

Com cerca de 1.300 clínicas veterinárias cadastradas, Sutto diz que todas as regiões metropolitanas do país já estão cobertas. Agora, a rede quer que mais pessoas conheçam o serviço. Ela irá investir em publicidade e na sua rede de representantes, para a comercialização dos planos. O objetivo é chegar a 100 representantes.

Comida de gente

Além da saúde, a alimentação dos animais também está se tornando mais parecida com a humana. É o que diz Rogério Chen, sócio da Padaria Pet, que fabrica alimentos caninos. Há cerveja, café, pipoca e até bolo de aniversário específicos para os animais.

Todos os grãos usados no preparo dos alimentos são naturais, sem adição de corantes e conservantes artificiais e integrais.

O investimento para tirar a ideia do papel foi de cerca de 1,5 milhão de reais. Criada há três anos, a rede tem uma fábrica em Cotia, uma loja modelo em São Paulo e franquias em São Paulo, Minas Gerais e Espírito Santo.

Pelos brilhantes

Por passar muito tempo dentro de apartamentos, os animais tomam mais banho que nunca. Assim, a venda de produtos cosméticos para cães e gatos atrai empreendedores do setor, como Sandra Schuster, Flávio Pigatto e Juliano Cortes, que há um ano fundaram a Docg, empresa de venda direta de produtos pet.

A companhia conta com cerca de 500 revendedores, espalhados em São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, e atua também com franquias, no formato de pet shops e quiosques.

Além dos acessórios, roupas e coleiras, a empresa também vende cosméticos como shampoo, condicionador e finalizador. Os produtos são específicos para cada tipo de pelo – curto, longo, quebradiço ou sem brilho – e são voltados para pet shops ou “groomers”, profissionais que preparam cães para competições.

O carro-chefe é o hidratante de patinhas. Tudo focado em mimar e cuidar dos animais de estimação.

Produtos da Docg, venda direta de produtos para animais de estimação Produtos da Docg, venda direta de produtos para animais de estimação

Produtos da Docg, venda direta de produtos para animais de estimação (Karin Salomão/Site EXAME)