De dates a travesseiros: estas startups transformam o Dia dos Namorados

Estudo mapeou negócios inovadores que atuam no setor de relacionamentos amorosos -- e alguns já receberam milhões de dólares

O Dia dos Namorados movimenta lojas físicas e virtuais — mas também aquece o coração (e os bolsos) das startups.

Mais de 50 negócios inovadores focados em relacionamentos amorosos foram mapeados pela empresa de análises CB Insights. O setor mais conhecido são os encontros (dates) e sua estrela é o Tinder, startup que já se tornou gigante com seu aplicativo para combinar pessoas interessadas em se encontrar.

Mas nem só de encontros vivem as startups de relacionamento. Há negócios inovadores focados em casamento, chocolates, flores, joias, sexo e até mesmo relacionamento à distância.

Veja, a seguir, quais são as mais de 50 startups que transformam o Dia dos Namorados e como elas atuam. EXAME também elencou algumas brasileiras do setor:

Cartões

Estas startups ajudam você a dizer o que sente para seu atual ou futuro parceiro. A LovePop (Estados Unidos) cria cartões no estilo pop-up, enquanto a Picaboo (Estados Unidos) permite imprimir fotografias digitais em cartões, calendários e livros. Por fim, a Paperless Post (Estados Unidos) permite criar cartões online personalizados.

Casamentos

As startups de casamento ajudam consumidores e planejar seu grande dia, agendar fornecedores, montar a lista de presente e mandar convites, por exemplo. As startups que mais receberam aportes de investidores são os marketplaces americanos de casamentos WeddingWire (381,1 milhões de dólares em investimentos) e Zola (140,8 milhões de dólares).

No Brasil, uma da startups que atua no ramo é a Le Jour, adquirida pela varejista Fast Shop, e o e-commerce de vestidos de noiva O Amor É Simples.

Chocolates

Para os românticos que adoram doces, as startups que atuam com chocolates focam ou no modelo de negócio ou na qualidade dos produtos.

A Love Cocoa (Reino Unido) oferece um serviço por assinatura de chocolates de luxo e realiza entregas. Já a Unreal Brands (Estados Unidos) foca em fazer chocolates menos processados e mais saudáveis. Por fim, a Alter Eco (França) e a Sweetriot (Estados Unidos) prometem fornecedores mais éticos da iguaria, com produtos orgânicos.

Encontros

Startups nesta categoria usam a tecnologia para ajudá-lo a achar seu próximo parceiro no Dia dos Namorados.

A CB Insights cita negócios como a rede social Badoo, com 420 milhões de usuários registrados (Reino Unido); o aplicativo para relacionamento homossexual Blued (China); o Bumble, que une namoros, amizades e relacionamento profissional na mesma plataforma e exige que as mulheres mandem a primeira mensagem (Estados Unidos); e o Happn, aplicativo de encontros que usa a hiperlocalização como trunfo (França).

Flores

A The Bouqs Company (Estados Unidos) é a plataforma online para entregas de flores com mais aportes de investidores, tendo recebido 43,1 milhões de dólares em recursos pela promessa de levar flores plantadas em fazendas ambientalmente sustentáveis. Já a FlowerPlus (China) oferece um modelo de assinatura para a entrega de flores.

No Brasil, os players mais conhecidos do segmento são Flores Online e Giuliana Flores.

Joias e relógios

Para parceiros que admiram itens sofisticados, algumas startups estão mudando a forma de adquirir joias e relógios. A Chronext (Suíça) opera um marketplace de relógios de luxo de segunda mão. A Flont (Estados Unidos) permite o aluguel de joias. Já a Gemmyo (França) vende joias sob encomenda pela internet.

Lingerie

Outros negócios inovadores estão usando a internet para vender roupa íntima. A marca Adore Me (Estados Unidos) promete fazer lingerie de todas as formas e tamanhos. Já a Heist (Reino Unido) usa tecnologia de tecidos para fazer bodies que diminuem a cintura sem causar desconforto.

 

Relacionamentos à distância

Em um relacionamento à distância? A startup Little Riot (Reino Unido) fornece um travesseiro conectado, que permite aos usuários ouvirem as batidas de coração do seu parceiro enquanto caem no sono. Já a Rabbit (Estados Unidos) oferece um aplicativo de streaming que permite assistir a filmes no mesmo tempo, sem atrasos por diferentes qualidades de banda larga ou sinal Wi-Fi.

Restaurantes

Há startups que o ajudam a descobrir e reservas restaurantes para um jantar romântico e batem de frente com grandes players do setor, como o portal TripAdvisor — que adquiriu o aplicativo de reservas online de restaurantes Restorando (Argentina) por meio de sua divisão de reservas, a The Fork.

O aplicativo Resy (Estados Unidos) permite que usuários vejam restaurantes, façam reservas e o avaliem. Já o MangoPlate (Coreia do Sul) oferece recomendações personalizadas de restaurantes.

Sexo

Algumas startups estão usando a tecnologia para melhorar a vida sexual. A Lovely (Estados Unidos) oferece produtos eróticos conectados a um aplicativo com recomendações e conselhos de relacionamento. Enquanto isso, a Unbound (Estados Unidos) oferece uma assinatura de produtos eróticos para mulheres.

Vinhos

Estas plataformas permitem que fãs de vinhos consigam sugerir, comprar e presentear diversas bebidas pela internet. A Vivino (Estados Unidos) permite que usuários avaliem e descubram novos vinhos.

Já a Wine.com (Estados Unidos) oferece um serviço de presentear vinhos. No Brasil, algumas de suas concorrentes são a Evino e a Sonoma.

Startups de Dia dos Namorados, mapeadas pela CB Insights Startups de Dia dos Namorados, mapeadas pela CB Insights

Startups de Dia dos Namorados, mapeadas pela CB Insights (CB Insights/Reprodução)

Um rentável Dia dos Namorados

O Dia dos Namorados promoverá um impacto positivo no varejo, de acordo com a empresa especializada em coleta e análise de dados em lojas físicas Seed Digital. A Seed estima que a data gere um fluxo de visitantes 11,4% maior do que a média de fluxo semanal de 2019. 

Já no comércio eletrônico, entre 28 de maio e 11 de junho veremos uma movimentação de 2,3 bilhões de reais, afirma a empresa de inteligência de mercado Compre&Confie. É um aumento de 8% em relação ao mesmo período do ano passado.