Contours prevê 25 novas franquias em 2012

A rede de academias exclusivas para mulheres deve investir R$ 1 milhão no país

São Paulo – A rede americana Contours, há sete anos no Brasil, se prepara para comercializar até 25 franquias no próximo ano. Segundo Cassiano Ximenes, franqueador máster da rede no Brasil, o negócio de academias ainda tem muito a ser explorado. “Este é um segmento muito embrionário. Só 3% da população frequenta academias no Brasil contra 17% nos Estados Unidos”, diz.

Para aproveitar este mercado, a rede prevê um investimento de 1 milhão de reais, usado principalmente em marketing e participação em feiras de franquias. O foco na abertura de novas unidades é capital e interior de São Paulo. “Hoje, temos 38 franquias em São Paulo. Acreditamos que o estado tenha capacidade de, pelo menos, cem unidades”, explica Ximenes.

Todas as unidades estão em lojas de rua ou em pequenos centros comerciais. Segundo o executivo, o preço dos aluguéis tem sido o principal impasse para o crescimento da rede. “Precisamos de espaços com 250 metros quadrados e está difícil conseguir pontos”, conta.

A academia trabalha também com serviços adicionais para aumentar a rentabilidade do negócio. “Hoje, 30% do faturamento vem de aulas de pilates e serviços de estética. No próximo mês, vamos lançar um serviço adicional de aulas de dança”, diz. Uma franquia em São Paulo – que abriga 60% da rede – fatura, em média, 50 mil reais por mês, com margem de lucro de até 30%.

A franquia da Contours exige investimento inicial de 250 mil reais e tem prazo de retorno estimado de 24 a 36 meses. O faturamento da rede no Brasil, que conta com 105 unidades, foi de 40 milhões de reais em 2010 e deve aumentar 20% neste ano, chegando a 48 milhões de reais.