Conheça as fintechs brasileiras mais inovadoras do mundo, segundo estudo

Levantamento anual da KPMG, realizado em 29 países, destaca três startups do Brasil no ranking das top 50

O Brasil tem quatro startups que atuam na área de finanças, as chamadas fintechs, entre as cem mais inovadoras do mundo, segundo a sexta edição do relatório Fintech100 2019 da KPMG. Nubank, Banco Inter e Creditas estão entre as top 50 do levantamento, feito em conjunto com a H2 Ventures em 29 países.

O estudo separa as empresas selecionadas em duas categorias: Top 50, em que constam as melhores do setor que foram classificadas em inovação, aumento de capital, tamanho e localização; e a chamada “Emerging 50”, que reúne as mais novas que estão na vanguarda de tecnologias e práticas inovadoras. Nesta categoria, aparece a brasileira Rebel.

Empresas da China e da Ásia dominam o ranking das dez primeiras colocadas do relatório. Assim como em 2018, a lista deste ano mostrou as fintechs de pagamentos e transações na liderança. Elas foram seguidas por empresas de gestão de patrimônio (20), companhias seguradoras (17) e empresas de concessão de crédito (15).

Confira a classificação das fintechs de acordo com o estudo:

1º – Ant Financial (China)

2º – Grab (Cingapura)

3º – JD Digits (China)

4º – GoJek (Indonésia)

5º – Paytm (Índia)

6º – Du Xiaoman Financial (China)

7º – Compass (Estados Unidos)

8º – Ola (Índia)

9º – Opendoor (Estados Unidos)

10º – OakNorth (Reino Unido)

17º – Nubank

28º – Banco Inter

41º – Creditas

Os fatores de seleção utilizados no estudo são o total de capital obtido; taxa de obtenção de capital; diversidade geográfica; diversidade setorial e “elemento X”, que leva em conta o nível de inovação em produtos, serviços e modelos de negócios.