Conheça a melhor startup do ano

Saiba o fez com que a brasileira Sympla fosse reconhecida como a melhor de 2015.

Durante o Spark Awards, maior premiação do universo das startups, a Sympla recebeu o prêmio de melhor startup do ano. A que se deve esse reconhecimento? O que é preciso para ser a startup da vez? Rodrigo Cartacho, Cofundador e CEO da Sympla, conversou com o Startupi e contou detalhes da sua jornada empreendedora e da criação da empresa.

Para começar, se você foi em algum evento de empreendedorismo esse ano, com certeza você passou por uma página da Sympla. A Sympla é uma plataforma inteligente para venda e gestão de ingressos e inscrições. Voltada para produtores de eventos de pequeno e médio porte, o produtor pode criar uma página personalizada, atrair público via redes sociais, ter controle de bilheteria, vender ingressos físicos e online. Conta com tecnologia integrada para impressão de ingressos e check-in na portaria dos eventos, tornando mais ágil o processo de entrada.

Rodrigo começou a empreender muito cedo, para se ter ideia, a Sympla é o sétimo empreendimento de Rodrigo. “Este espírito empreendedor sempre esteve comigo, desde criança e acho que foi o caminho natural para mim. Sempre gostei muito de construir; objetos, negócios, histórias…”, contou ele durante a entrevista.

A ideia da Sympla surgiu quando dois dos fundadores, que haviam trabalhado desenvolvendo uma plataforma de gerenciamento de eventos para o uso interno do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), se juntaram ao terceiro sócio, que além da experiência empreendedora, conhecia também sobre a produção de eventos no Brasil e foi aí que decidiram criar uma plataforma self-service com foco no mercado brasileiro.

Logo no início, a Sympla recebeu investimento anjo de valor não divulgado. Segundo Rodrigo, foram investimentos muito mais estratégicos do que capital. A startup não passou por nenhum processo de aceleração e acreditem, não foi preciso pivotar.

A Sympla iniciou o ano de 2015 com 12 pessoas na equipe, chegou a 50 funcionários em dezembro e inicia 2016 com novas vagas abertas. A sede da Sympla está em Belo Horizonte, mas já existe equipe no Rio de Janeiro e em São Paulo.

Falando em Belo Horizonte, a Sympla faz parte do San Pedro Valley, considerada a melhor comunidade de startups do Brasil. Rodrigo conta que a comunidade se destaca muito entre as outras pela parceria e a troca de conhecimento constante e gratuita que acontece entre as startups. A oportunidade de trocar as lições aprendidas, diminui a curva de aprendizado, poupa tempo, recursos e potencializa as oportunidades de todo o ecossistema.

“Não há uma semana sequer que eu não me reúna com pelo menos uma startup de San pedro Valley para troca de experiências. Da mesma forma, os nossos funcionários e suas equipes também se reúnem frequentemente para acelerar o aprendizado sobre temas específicos. Buscamos crescer juntos para crescer mais rápido”, afirma Rodrigo.

Em números gerais, a Sympla já vendeu mais de 2.500.000 ingressos, em 1.800 cidades, em mais de 35.000 eventos realizados por 8.000 produtores. Uma média de 7 ingressos vendidos a cada minuto nos últimos meses. Em 2015, a Sympla atingiu o marco de 2500 eventos simultâneos, tornando-se o site com o maior número de eventos à venda no Brasil.

Sobre seu maior desafio como empreendedor, Rodrigo acredita que cada nova etapa da empresa é o seu maior desafio. “Costumo brincar que mudam os problemas, mas sempre se mantêm a intensidade destes. Cada etapa traz desafios novos, que demandam outros conhecimentos e soluções. Ao mesmo tempo, acredito que isso é o que alimenta o sonho empreendedor. Somos movidos por desafios e quanto mais difíceis de superá-los, maior a vontade de empreender”.

E o que faz da Sympla a melhor startup do ano? Segundo Rodrigo, a Sympla é 100% orientada ao cliente. Eles focam em criar e desenvolver constantemente o melhor produto e modelo, para que a experiência dos usuários, tanto os produtores de eventos como os compradores, seja a melhor possível. “Nosso nome vem de simplicidade, uma característica que está presente em nosso DNA. Nosso maior diferencial é oferecer uma plataforma e experiência extremamente completa, mas não complexa, junto a um relacionamento humano e focada no sucesso do cliente”.

Para 2016, apesar dos fatores externos como a crise que vivemos no Brasil, Rodrigo se mostra otimista dizendo que será uma ano incrível para a Sympla. “Temos premissas e um modelo bem validado, nosso foco será no crescimento de nossa base de eventos, em todos os tipos de evento e por todo o Brasil”, finaliza o empreendedor.

E em 2016? Qual será a startup do ano? Quais são suas apostas?