Como ele foi da falência a uma rede de franquias de R$ 80 milhões

Henrique Mol começou a empreender aos 17 anos de idade. Aprendendo com seus erros, reergueu-se e abriu diversos negócios franqueados.

São Paulo – O empreendedorismo, aos poucos, torna-se o desejo de cada vez mais brasileiros. Em busca de mais liberdade profissional (e talvez de ganhos maiores), muitos resolvem abrir suas próprias empresas. Porém, a falta de preparação pode significar a ruína de tais sonhos.

Foi o que aconteceu com Henrique Mol: o empreendedor abriu seu primeiro negócio aos 17 anos de idade e experimentou uma amarga falência. Porém, não desistiu – resolveu aprender com erros e voltar a empreender algum dia, quando tivesse mais experiência.

Hoje, Mol é responsável por um grupo de cinco franqueadoras nos mais diversos segmentos. Em 2017, a holding Encontre Sua Franquia faturou 80 milhões de reais. Para o ano que vem, a meta é crescer 30%.

Falência e recuperação

Mol conta que sempre teve o desejo de empreender. Aos 17 anos de idade, juntou suas economias e abriu seu primeiro negócio: uma agência de publicidade que fazia revistas e jornais com anúncios em Belo Horizonte, Minas Gerais. Diante dos maus resultados, dois anos depois o empreendedor desistiu de “bater na mesma tecla” e fechou a agência.

“Era um negócio de alta concorrência e pouca rentabilidade, então eu não conseguia fazer o giro financeiro. Minha falta de conhecimento, além de um acidente de carro que sofri na época e me deixou fora da empresa por um tempo, foram os principais motivos para que ela acabasse falindo.”

Mesmo assim, Mol não desistiu do seu sonho de empreender: encarou a falência como um aprendizado. Resolveu ser funcionário na empresa de informática de seu pai, para conseguir mais experiência profissional e entrar no próximo negócio com mais bagagem.

O empreendedor era responsável pela administração financeira do negócio, que vendia softwares para clientes como agências de viagens. Conhecer esse mercado fez com que Mol se tornasse diretor comercial em outra empresa de informática, que estava desenvolvendo um novo software.

“Viajava pelo país implantando essa solução em agências de turismo. Quando comecei, eram apenas quatro clientes. Quando saí, tínhamos 140”, conta.

O empreendedor percebeu, com sua experiência como funcionário, que o modelo de franquia se encaixaria muito bem no setor de agências de viagens.

“As agências menores sofrem para competir com grandes agências, que conseguem negociar melhores condições de serviços turísticos pelo grande volume de vendas. Com um modelo de franquia, conseguiríamos fechar um grande pedido de passagens e pacotes e repassá-los para cada agência franqueada, possibilitando a competição justa com as grandes agências.”

Em 2011, Mol chamou um sócio que atuava no mercado de turismo e lançou a Encontre Sua Viagem. A franqueadora atua no mercado de turismo, oferecendo serviços como cruzeiros, locação, pacotes de viagem e passagens aéreas.

Unidade da Encontre Sua Viagem (Encontre Sua Franquia/Encontre Sua Viagem/Divulgação)

Com a possibilidade de investir em um modelo de baixo investimento inicial (10 mil reais) e trabalhar em estilo home office, a Encontre Sua Viagem cresceu. Hoje, o negócio possui 500 franqueados e faturou neste ano 70 milhões de reais. Para 2018, pretende faturar 80 milhões de reais e chegar a 600 unidades.

Veja também

Expansão dos negócios

Um negócio puxou o outro. Atuando muito em feiras de negócios, Mol percebeu a oportunidade de criar um empreendimento em um setor bem diferente: o de alimentação. “O país estava começando a entrar em crise, então era a aposta em um mercado mais estável. E, dentro de alimentação, também procuramos algo com boa aceitação nacional e que fosse feito para franquear: a pizza”, afirma.

O empreendedor inaugurou a Fórmula Pizzaria no ano de 2014, com alguns diferenciais. O atendimento aos clientes seria feito por meio de central única, que repassa os pedidos para unidades próximas; há uma cozinha central própria que faz os insumos para as pizzas, que nasceu após um investimento de 2 milhões de reais; e o negócio foi formatado para as pizzas serem montadas e assadas em sete minutos, com três funcionários por unidade.

Após quase três anos de teste, com três unidades próprias, a Fórmula Pizzaria virou franqueadora. Em 2016, o negócio tinha apenas uma franquia. Em 2017, o número saltou para 23 operações: 10 funcionando e 13 em fechamento de contrato.

Unidade da Fórmula Pizzaria (Encontre Sua Franquia/Fórmula Pizzaria/Divulgação)

“Eu achava que iria crescer mais rápido, mas a gente pegou períodos conturbados. Os anos de 2015 e 2016 foram os mais críticos, o pessoal tinha muito receio da situação do mercado. A mudança veio pelo maior otimismo dos investidores mesmo, nada foi alterado na estrutura do negócio”, diz. Em 2017, a Fórmula Pizzaria faturou 5 milhões de reais. Para 2018, o plano é triplicar o faturamento.

Mol investiu em novos empreendimentos entre 2016 e 2017, contando hoje com cinco franqueadoras: a Encontre Sua Viagem (2011), a Fórmula Pizzaria (2014); a Bidon (2016), que trabalha com corretoras de seguros; a G Motion (2017), que instala equipamentos de entretenimento com realidade virtual em centros de compras; e a Suav (2017), franqueadora de serviços estéticos.

O grupo, chamado de Encontre Sua Franquia, faturou ao todo 80 milhões de reais neste ano – 75 milhões só com a Encontre Sua Viagem e a Fórmula Pizzaria. Para 2018, juntando todas as marcas do grupo, a meta é crescer 30%.