Cansada de tirar xerox, ela largou o estágio para faturar milhões

Frustrada com os estágios que encontrava, Poliana Ferraz decidiu empreender aos 21 anos e hoje tem uma empresa que fatura 30 milhões.

São Paulo – Poliana Ferraz tinha 16 anos quando iniciou sua primeira faculdade, em Relações Internacionais. Pouco tempo depois, começou a estudar também Direito. Porém, tanto numa faculdade quanto na outra, ela teve dificuldade em encontrar estágios que de fato a ajudassem a aprender mais sobre suas áreas de estudo.

“Em Relações Internacionais era difícil encontrar algo, e quando encontrava, o trabalho não tinha nada a ver com o que eu estudava. Já nos estágios de Direito, em vez de aprender algo, eu ficava tirando xerox, atendia telefone, fazia serviços de office boy. Era muito frustrante”, lembra.

Logo Ferraz descobriu que ela não era a única com esse problema – e então a frustração se tornou uma ideia de negócio. Foi o começo da Super Estágios, empresa que conecta empresas, estudantes e instituições de ensino, e que faturou 30 milhões de reais em 2016.

“Primamos muito por indicar os estudantes para vagas que realmente tenham a ver com a área que eles estudam. E também buscamos conscientizar as empresas sobre a importância dos programas de estágio, mostrar para elas que ali estão os seus futuros profissionais. O estagiário não é um profissional para resolver coisas fúteis. Ele pode agregar valor”, afirma a empreendedora.

O negócio teve início em 2009, quando Poliana tinha 21 anos e estava terminando sua segunda faculdade. Sem capital próprio, ela pegou 1.500 reais emprestados com a mãe, alugou um espaço pequeno em Vitoria (ES) e contratou um programador para desenvolver uma plataforma digital.

“A ideia era desenvolver um sistema para interligar com rapidez a empresa que cadastrava a vaga, os estudantes e as instituições de ensino. A gente identificava os perfis e cruzava as informações. Tive alguns clientes pequenos no início e fui aperfeiçoando a plataforma com o feedback deles. Hoje, com o nosso sistema, a empresa acompanha seu programa de estágios de qualquer lugar, assim como os estudantes e as instituições de ensino”, explica a empreendedora.

Como todo negócio, a Super Estágios enfrentou dificuldades em seu início. “Tinha que trabalhar para pagar as contas do mês seguinte. Pegamos móveis emprestados. Não foi fácil. Mas com o tempo fomos crescendo e em 2015 montamos nosso modelo de franquias”, comemora a empreendedora.

No modelo de negócio da Super Estágio, cada empresa paga uma taxa mensal por estagiário que contrata através da plataforma. A Super Estágios seleciona os candidatos e depois faz um acompanhamento daquele estagiário. Caso haja uma insatisfação do estudante com as atividades do estágio, por exemplo, ele pode registrar o problema direto na plataforma.

Quem tiver interesse em ser um franqueado da marca deve estar preparado para desembolsar 170 mil reais de investimento inicial (já considerando taxa de franquia e capital de giro). O faturamento médio mensal de uma unidade é de 108 mil reais, considerando 2 mil estagiários contratados. O lucro médio mensal é de 45 mil reais. “Como atuamos no setor de serviços, nosso lucro é maior do que a média das franquias”, afirma a empreendedora. O retorno do investimento ocorre em média em 19 meses.

Atualmente a rede tem sete unidades espalhadas pelo país e o objetivo é chegar até o final do ano com 25.

Veja também
Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Excellent beat ! I would like to apprentice whilst you amend your website, how
    could i subscribe for a weblog web site? The account helped me a
    applicable deal. I have been a little bit familiar of this your broadcast
    provided vibrant clear concept

  2. Carolina Kadix

    Se ela não tinha capital, com qual dinheiro pagou o programador? Como alugou sem ter comprovação de renda? Então deve ter tido muita ajuda além de míseros 1500 reais! E como uma pessoa faz faculdade aos 16 anos? Como tem duas aos 21? A realidade da vida das pessoas é outra! As difículdades verdadeiras na vida de pessoas que não têm Papai oi mamãe pra bancar, é muito diferente desta. É fácil ficar dando exemplos de pessoas “gênio” tendo um enorme sucesso em suas vidas quando essas pessoas nunca enfrentam fome, câncer na família, ficar sem ter onde morar, desalento, desespero! Lixo de matéria comprada pra divulgar a moça e a empresa dela sem capital. Sei

  3. Extremely hostile, they live on an island of area 72 km 2.
    They are known for their vigorous efforts in avoiding contact from
    outsiders.

  4. Jamais tem de modo nenhum melhor pra abolir com celulite do que exercicio
    aeróbio, uma andada de outra maneira chispada com 5km todos
    os dias resolve lhe complicação rapidinho e também é de agradecimentos. http://Diariodeunrunner.Esy.es/6-km-8-5-km/mejorando-el-ritmo-medio/

  5. I just ccould not depɑrt your web sіte prior to suggеstihg that I actually loved
    the standard information an individual supply for your guests?
    Is gonna be back often to investigate cross-cһeck new posts

  6. Hi there to all, how is the whole thing, I thionk every one is getting mоre fr᧐m thiѕ site, and ʏour views are nice
    fοr new userѕ.

  7. whoah thiѕ weblog is magnificent i like studying your posts.
    Stay uup the good work! You recognize, many individuals
    are searching round for this information, you ϲould ɑid them greatly.

  8. Se você desejo para para aumentar seu sabe-como só continuar visitando eeste web
    site e atualizados com o mais up-to-date fofoca Postado aqui. https://pinturadecasa.pt/canalizadores-lisboa-baratos-preco-24h

  9. Exclusivamente ajudam que eles não entrem na tubulação. http://cort.as/–JyP