Cacau Show aposta em franquia barata com sorvetes e fondue

Rede apresenta três novos formatos de franquia, com investimento inicial a partir de 19 mil reais, e novos produtos para o consumidor.

São Paulo – A Cacau Show é a marca mais buscada pelos brasileiros quando o assunto é franquias e já possui mais de 2 mil lojas espalhadas pelo país. Porém, muitos empreendedores acabam frustrados após a primeira pesquisa: eles não têm o valor necessário para investir na abertura de uma loja, que custa a partir de 110 mil reais.

Foi pensando nesses empreendedores e observando o cenário econômico do país que a rede resolveu lançar modelos mais compactos, com investimento a partir de 19 mil reais. São três novos modelos, que estão sendo apresentados ao público durante a ABF Franchising Expo, maior feira do setor no país, que acontece essa semana em São Paulo.

“O país passa por um momento difícil, mas as pessoas continuam querendo empreender. Então decidimos usar nosso know-how para oferecer mais opções ao empreendedor”, afirma Daniel Roque, gerente de novos negócios da Cacau Show.

Novos modelos

O modelo mais barato da marca passa a ser a Microfranquia de Distribuição. Com investimento de 19 mil reais, e retorno de investimento entre 12 e 18 meses, a ideia é que o franqueado recrute pessoas para atuar na venda direta dos chocolates Cacau Show. “A Cacau Show começou a operar como venda direta”, lembra Roque. Um dos focos desse modelo será a venda para empresas, seja como opção de presente da companhia para os funcionários, seja na venda direta para esses colaboradores.

O segundo modelo apresentado pela marca é a Microfranquia de Chocolate. Neste caso, o investimento inicial fica em 35 mil reais, também com retorno no período de 12 a 18 meses. O modelo é parecido com os quiosques, mas mais compacto e mais barato.

“A ideia é instalar em locais de grande circulação de pessoas, como estações de metrô, hospitais e universidades. É um modelo que atende a uma demanda por opções mais enxutas, onde não há espaço para uma loja padrão”, explica Roque. O estande desenvolvido pela marca abre e fecha e pode ser facilmente transportado, caso o franqueado tenha dificuldades no ponto escolhido inicialmente.

Já o terceiro modelo é a principal aposta da marca e alia a novidade do formato com novos produtos – é a Gelateria. Além dos chocolates e trufas, o formato oferece sorvetes do tipo gelato italiano, waffles, fondue e café. “Com este modelo, o cliente pode encontrar uma boa sobremesa em qualquer época do ano, faça calor ou faça frio”, afirma Roque. A novidade tem investimento inicial de 42 mil reais e retorno de investimento no período de 12 a 18 meses.

A expectativa é fechar 50 novos contratos de Gelateria nos próximos meses. No caso dos outros dos modelos, a previsão é ter 30 franquias de Distribuição e ao menos 15 do modelo Microfranquia de Chocolate até o fim do ano.

Após anos apostando em lojas, as novidades são um grande passo para a Cacau Show. “A gente abriu nossas possibilidades. É uma grande mudança”, afirma Roque. A ideia é que esses modelos mais baratos respondam por 25% da marca dentro de três anos.