Agendor recebe aporte de R$ 1,2 mi de ex-alunos de Harvard

O investimento no app paulista para organizar vendas empresariais foi de R$ 1,2 milhão e contou com 25 integrantes do grupo HBS Alumni Angels

São Paulo – O Agendor, aplicativo paulista que ajuda a organizar as vendas de pequenas e médias empresas, tem um novo grupo de investidores-anjo: o HBS Alumni Angels, formado por ex-alunos de Harvard.

O aporte foi de 1,2 milhão de reais e contou com cerca de 25 integrantes do grupo. Com esse investimento, o HBS Alumni Angels passará a acompanhar de perto a operação do aplicativo.

Os ex-alunos serão mentores do negócio, com reuniões mensais para revisar planos e com aconselhamento para solucionar problemas do dia a dia. Gustavo Paulillo, CEO do Agendor, disse em comunicado que o foco desses esforços será no "aprimoramento da experiência com o app".

O Agendor, fundado em 2012, é conhecido por seu serviço de CRM ("Customer Relationship Manager", ou "Gestor de Relacionamento com o Cliente"). Algumas das funções do aplicativo são centralizar o cadastro de clientes, controlar as vendas e analisar o desempenho da equipe comercial da empresa. 

startup oferece os planos gratuito, básico, ideal e Agendor. O custo varia de 80 reais a 240 reais ao mês (sem contar a versão gratuita).

O HBS Alumni Angels já investiu em mais de 100 companhias desde sua criação, em 2007. O grupo é aberto aos ex-alunos de todos os institutos de Harvard e investe hoje em startups com alto potencial. 

Vários países contam com seu próprio grupo de ex-alunos de Harvard para investimentos, inclusive o Brasil.