ACE medirá inovação corporativa da sua empresa por software

Empresa de inovação lança o Mynnovation, que reúne métricas necessárias para administrar projetos de inovação

A demanda de grandes empresas por inovação só cresce, diante do medo de startups se transformarem em suas próximas concorrentes: nove a cada dez executivos acreditam que a inovação nas empresas é um fator muito importante e seis a cada dez gestores acham que suas companhias tiveram um nível de inovação baixo ou moderado. Mas o investimento em projetos novos também pode gerar um caos de priorização: gestores de inovação cuidam em média de até 50 projetos ao mesmo tempo.

Os dados são da empresa de investimentos ACE, que tanto investe em startups quanto ajuda corporações a inovarem. A empresa lança um software de gestão eficiente e unificada para as iniciativas de inovação em cada grande companhia, chamado Mynnovation.

Por meio do sistema, gestores fazem a classificação dos projetos por horizontes de investimento, desde a inovação marginal até a mais transformadora, e acompanham seus progressos, incluindo as métricas mais importantes (KPIs).

O Mynnovation é dividido em módulos, de acordo com as dores dos gestores de inovação. O “Fórum da Inovação” auxilia a escolher quais projetos devem ser continuados ou não. Já o “Innovation Accounting” realiza pontos de checagem para medir quais os indicadores de performance que a empresa tem para tomar as próximas decisões, reduzindo a incerteza da inovação. No “Innovation Designer”, um profissional especialista em inovação presta suporte. O último módulo é “Educação”, com um catálogo treinamentos para trabalhar a cultura da inovação na liderança e nas equipes dos projetos.

De aceleração à consultoria de inovação

A ACE, antigamente conhecida como Aceleratech, foi uma das primeiras aceleradoras de startups do país — entidades que apoiam negócios inovadores em estágio inicial a se construírem e crescerem, resolvendo os principais obstáculos que travam sua expansão e futura lucratividade.

Recentemente, a aceleradora mudou seu posicionamento para uma empresa de investimentos guiada por dados. O novo foco veio da análise dos dados de 20 mil projetos avaliados, 300 acelerados, 100 investidos e 14 saídas (como a Love Mondays, vendida para a Glassdoor, e a Hiper, para a Linx) pela ACE nos últimos sete anos.

A ACE compilou as informações coletadas em uma plataforma de autoatendimento. Por meio do site, startups cadastram suas informações sobre fundadores, negócio e mercado e elas são comparados com o histórico da associação. 

Além da divisão ACE Startups, a empresa de investimentos lançou mais recentemente o ACE Cortex, consultoria de inovação com mais de 100 projetos realizados para grandes empresas. Da última divisão surgiu o Mynnovation.