7 passos para seu negócio ter seguidores no Instagram (e vendas)

Equipe de marketing da rede social elencou dicas práticas para que pequenos e médios negócios obtenham sucesso na plataforma.

São Paulo – O Instagram não é mais apenas uma rede social para postar fotos produzidas ou relatar seu dia a dia por meio dos stories.

Além de ter 45 milhões de brasileiros ativos por mês, a plataforma conta com 15 milhões de perfis de empresas, que viram no Instagram um bom canal para divulgar seu negócio e gerar vendas. Por isso, a rede está investindo na educação de empreendedores quanto aos recursos da rede social.

Durante o Instamarket, evento organizado pela própria rede para promover o uso da rede social por pequenas e médias empresas, houve uma série de workshops (lotados) com as principais dicas para seu empreendimento usar o Instagram da forma mais eficiente.

Yasmin Medeiros, do time de marketing do Instagram, deu alguns conselhos que vão desde como montar um perfil realmente profissional até como usar o stories para conseguir mais seguidores (e vendas).

“O diferencial do Instagram é ser uma plataforma democrática. As empresas pequenas e médias competem no mesmo espaço que as grandes”, afirma. “O jeito de vender e comprar mudou.”

A plataforma consegue atingir todo o funil de vendas de um empreendimento, segundo a especialista do Instagram. “Você consegue fazer a divulgação, a geração da demanda, a aquisição do seu público, a compra e, por fim, a fidelização do seu cliente.”

Ficou interessado? Confira, a seguir, o passo a passo para seu negócio bombar no Instagram:

1 — Crie uma página profissional para sua empresa

Criar um perfil profissional no Instagram é o primeiro passo para que sua empresa obtenha sucesso na rede social: usando um perfil pessoal para divulgar seus produtos, você perde a chance de aproveitar diversos recursos que a plataforma tem a oferecer aos empreendimentos.

“Essa é uma migração que a gente recomenda muito para quem tem um negócio e quer fazer ele dar certo”, afirma Medeiros. Por meio da mudança, é possível ver dados mais aprofundados e realizar anúncios segmentados na rede social, por exemplo.

Tal migração pode ser feita no próprio aplicativo do Instagram, mas é preciso já ter uma página de empresa no Facebook (veja o passo a passo aqui).

2 — Meça interações dos seus clientes

Pelo Instagram, é possível medir todas as interações que envolvem a página do seu negócio. Isso é feito pela plataforma Instagram for Business, que apresenta diversas métricas e insights aos empreendedores.

É possível ver, por exemplo, a idade e o gênero dos seus seguidores. Medeiros dá um exemplo prático da importância de tais dados: suponha que você tenha uma loja de produtos infantis e seu público-alvo são pessoas na faixa dos 30 anos de idade que têm ou pensam em ter filhos. Se você perceber pelas métricas que está atingindo um público de 13 a 15 anos de idade, por exemplo, significa que você precisa ajustar sua atuação na rede social.

Da mesma forma, um dado como região dos seus seguidores também é fundamental. Se sua loja de doces atende apenas a cidade de Recife, enquanto a maioria dos seguidores está em São Paulo, também será necessário rever sua estratégia de mídia.

3 — Otimize seu conteúdo para atingir os objetivos

Suas postagens devem ser pensadas de acordo com seu público-alvo e com as metas de cada nova foto. Mesmo assim, algumas dicas valem para qualquer empreendedor que queira oferecer um bom conteúdo pelo Instagram.

A primeira regra, elenca Medeiros, é prezar pela simplicidade. Tente não deixar a imagem poluída, valorizando o seu negócio e não os filtros da plataforma: o foco deve estar no produto, então guie o olhar do seu usuário para ele. Seja criativo e abuse de recursos que o Instagram disponibiliza, como boomerang, hyperlapse e layout.

Também é possível trabalhar a imagem com outros elementos discretos e harmoniosos – por exemplo, um abajur ou um criado-mudo. Por fim, seja coerente: no perfil do seu negócio, não intercale posts de produtos com posts sobre política. Mantenha uma paleta de cores e um modelo de texto similares ao longo das postagens.

4 — Entregue uma experiência visual encantadora

O Instagram é, no fim das contas, uma plataforma visual. Por isso, investir na conquista do seu cliente pelos olhos é uma regra fundamental para fazer sua empresa bombar na rede social.

Segundo Medeiros, o Instagram sempre tenta oferecer novos recursos visuais, do feed de posts estáticos aos stories e vídeos. Por isso, diversifique os formatos de acordo com as qualidades da sua empresa.

Para uma loja de sapatos que tem várias cores de um mesmo modelo, por exemplo, é possível agrupar todas as imagens no mesmo post – um modelo chamado de “carrossel”. Assim, você estimula o engajamento do seu usuário, que irá passar o dedo para ver as outras cores, sem poluir o feed da rede social.

5 — Use e abuse dos stories

Na mesma linha de diversificação, uma outra dica é incorporar os stories – espécie de “histórias” visuais efêmeras no Instagram – à estratégia de comunicação do seu negócio.

De acordo com a própria rede social, no último mês um terço dos stories mais visualizados foram de empresas, contrariando a noção de que os usuários não veem publicidade no Instagram. Ao todo, metade das empresas presentes na rede social já fazem stories.

Os empreendedores podem usar os stories de cinco maneiras, elenca Medeiros. A primeira forma é anunciar estoques limitados, promoções e vendas sazonais; a segunda é lançar concursos e solicitar respostas dos seus usuários; depois, criar conteúdos explicativos ou tutoriais do seu produto; a quarta forma é publicar prévias de novas coleções e atrair a curiosidade de novos usuários; e, por fim, postar bastidores e detalhes exclusivos do processo produtivo e incentivar a humanização da sua empresa.

6 — Faça anúncios na rede social

Muitos empreendedores desistem de fazer anúncios porque não querem gastar muito com marketing. Porém, fazer uso da chance de anunciar no Instagram pode ser a diferença entre ter um razoável e um excelente resultado. E não é preciso investir rios de dinheiro para tal.

Medeiros ressalta que o grande diferencial de anunciar pela rede social é que você só investe quanto realmente pode gastar. “Imagine se eu tivesse que colocar um anúncio em uma revista. Sairia muito mais caro”, exemplifica.

O Instagram já conta com dois milhões de anunciantes ativos, segundo dados da rede referentes ao mês de setembro de 2017. O Brasil é um dos países que mais contribuiu para o número, composto principalmente de pequenas e médias empresas.

Se você já mudou o perfil da sua empresa para uma página profissional e já analisou as métricas relativas a ela, é hora de fazer bom proveito das informações conquistadas. Nos anúncios, é possível segmentar as publicidades por gênero, idade e região atendida, por exemplo.

Depois, é possível posicionar seu anúncio (onde ele irá aparecer no feed dos seus usuários atingidos) e escolher a data e tempo de exposição. Além de, é claro, seu orçamento.

Para saber em detalhes o passo a passo para anunciar na plataforma, visite a página de anúncios do Facebook e do Instagram.

7 — Sempre se aprimore por meio de novos cursos

Por fim, toda empresa que quer bombar no Instagram precisa atualizar-se quanto às mudanças na plataforma. Por isso, Facebook e o Instagram disponibilizam um portal de cursos. Os conteúdos são gratuitos e muitos cursos disponibilizam certificados.