Zuckerberg vira professor de escola primária

Em entrevista à Wired, CEO do Facebook afirmou que ensina empreendedorismo a crianças do primeiro grau

São Paulo – Fora da maior rede social do mundo, o bilionário Mark Zuckerberg resolveu assumir um lugar à frente do quadro-negro. Em entrevista à Wired, o co-fundador e CEO do Facebook afirmou que virou professor de uma escola primária em East Menlo Park, na Califórnia. Como se sabe, a sede do Facebook foi transferida para a região em 2011.

Sem especificar quando iniciou a empreitada, Zuckerberg explicou que dá aulas de empreendedorismo uma vez por semana. “Toda terça-feira nós revisamos uma habilidade específica e cada grupo desenvolve um projeto paralelo”, afirmou à publicação. “Depois que o curso terminar, os alunos virão ao Facebook para vender os produtos que fizeram, como se estivessem divulgando-os de verdade”.

Na entrevista, Zuckerberg não deu detalhes sobre a instituição. Mas no fim de janeiro, o jornal Mercury News, que circula no Vale do Silício, divulgou uma reportagem sobre sua atuação como professor-convidado na escola Boys & Girls Club, depois do período normal de aulas. 

“É uma experiência incrível para as crianças”, disse o diretor do colégio, Peter Fortenbaugh. “Trata-se de um homem de negócios dos mais empolgantes passando tempo com elas”, concluiu.

Ontem, Zuckerberg apresentou ao mercado a interface do Facebook para Android. Com uma fortuna avaliada pela Forbes em 13,3 bilhões de dólares, o empresário é o 66º homem mais rico do mundo.