Whirlpool tem novo presidente para América Latina

Com a promoção de Paulo Periquito, José Aurélio Drummond Jr. assume o cargo

A multinacional americana Whirlpool, fabricante dos produtos Brastemp e Consul, acaba de anunciar que José Aurélio Drummond Júnior, 42 anos, é o novo presidente da unidade de eletrodomésticos da empresa na América Latina. O anúncio acontece quinze dias depois que Paulo Periquito – que ocupou o cargo por dez anos – assumiu a presidência da Whirlpool Internacional, responsável pelas operações da empresa na Ásia, Europa e América Latina.

A escolha de Drummond não é surpresa para o mercado. Como diretor comercial para a América Latina, ele foi um dos principais responsáveis por uma virada nos resultados da empresa nos últimos anos. Enquanto em 2004 a lucratividade da empresa sofreu uma queda de 75%, no ano passado a Whirlpool atingiu um lucro líquido de cerca de 370 milhões de reais, o melhor resultado dos últimos nove anos.

Formado em engenharia industrial e metalúrgica, Drummond trabalha na Whirlpool há oito anos. Antes disso, passou pela Accenture e Alcoa Alumínio – onde teve o primeiro contato com Paulo Periquito.

A Whirlpool informou, ainda através de nota, que João Carlos Brega, diretor de finanças da multinacional na América Latina, vai assumir a presidência da operação mexicana. Ele passa a responder diretamente a Mike Todman, presidente da Whirlpool América do Norte.