Walmart vê crescimento menor em vendas online após trimestre fraco

Walmart disse que espera que as vendas online cresçam cerca de 30% no ano fiscal de 2021, abaixo do crescimento de 37% do ano passado

São Paulo — O Walmart estima uma desaceleração no crescimento das vendas online em 2020 após divulgar desempenho trimestral de vendas e lucro abaixo das expectativas de Wall Street, em resultado afetado por uma temporada mais curta de festas de final de ano e por uma menor demanda por roupas, brinquedos e eletrônicos.

As vendas em suas lojas nos EUA abertas há pelo menos um ano cresceram 1,9%, excluindo o combustível, no quarto trimestre encerrado em 31 de janeiro, bem abaixo da estimativa média dos analistas de alta 2,35%.

O Walmart disse que espera que as vendas online cresçam cerca de 30% no ano fiscal de 2021, abaixo do crescimento de 37% do ano passado. Entre novembro e dezembro, a empresa registrou um aumento de 35%, o crescimento mais lento em quase dois anos.

A previsão para o ano inteiro exclui qualquer efeito financeiro potencial do surto de coronavírus na China, informou a empresa.

“Começamos e terminamos o trimestre com impulso, enquanto as vendas que antecederam o Natal em nossas lojas nos EUA foram um pouco mais fracas do que o esperado”, disse o presidente-executivo, Doug McMillon em comunicado.

O lucro por ação ajustado aumentou para 1,38 dólar por ação, mas ficou abaixo da estimativa média de analistas de 1,43 dólar por ação.

A receita total aumentou 2,1%, para 141,67 bilhões de dólares, também abaixo das projeções, de 142,49 bilhões de dólares.