Walmart quer mulheres em metade dos cargos de liderança na empresa

Varejista lança campanha para estimular participação feminina no mercado de trabalho

São Paulo – O Walmart lançou nesta quinta-feira o programa Movimento Empresarial pelo Desenvolvimento Econômico da Mulher, que tem a participação de outras 50 empresas. Com o programa, a varejista pretende ter 50% de mulheres em cargos de liderança na companhia em todo o mundo e ser um dos maiores empregadores de mulheres líderes em cada mercado onde atua. Hoje, o número gira em torno de 38% na unidade brasileira.

“Empresas ganham com a diversidade de ideias, com opiniões diferentes que levam à melhores decisões”, diz Marcos Samaha, presidente do Walmart Brasil. “Nos centros de distribuição, por exemplo, há programas para que as mulheres ganhem espaço em ambientes que costumavam ser apenas masculinos.”

Para isso, a varejista investe em cursos e treinamentos internos para capacitar profissionais. O Walmart lançará em breve um programa de trainee de gerente de loja focado em mulheres, com o objetivo é formar 100 gerentes e diretoras de loja no próximo ano.