Volkswagen dará férias coletivas a funcionários de Taubaté

Com a nova medida, a produção de veículos da fábrica ficará totalmente suspensa por pelo menos nove dias úteis

São Paulo – Em um esforço para adequar o nível de produção à demanda, a fábrica da Volkswagen em Taubaté, no interior de São Paulo, vai dar férias coletivas a todos os funcionários da área de produção a partir do dia 18 de abril, informou nesta quinta-feira, 30, o sindicato de metalúrgicos da região.

A medida vale para cerca de 3,6 mil trabalhadores, de um total de 4 mil – somente os empregados das áreas da fábrica que não podem parar, como manutenção, seguirão com as atividades.

A maioria deles volta ao trabalho entre os dias 28 e 2 de maio.

O restante, aproximadamente 260, fica em casa por mais tempo, até o dia 8 de maio.

Com isso, a produção de veículos da fábrica ficará totalmente suspensa por pelo menos nove dias úteis.

Segundo o sindicato, a unidade da Volkswagen em Taubaté, que é responsável pela montagem dos modelos Gol, Voyage, up! e cross up!, tem fabricado cerca de 800 carros por dia.

A medida é um sinal de que a indústria automobilística ainda enfrenta dificuldades para se recuperar, mesmo com o avanço das exportações.

A projeção da Anfavea para 2017 é de que o número de veículos produzidos cresça 11,9% em relação a 2016, ano marcado pela quarta retração consecutiva do setor, que voltou a níveis semelhantes a 2004.