Vodafone corta cargo de CEO na Europa para ficar mais ágil

A companhia disse em comunicado nesta terça-feira que seu chefe regional para a Europa, Philipp Hamm, deixará o posto em outubro

Londres – A Vodafone disse que os chefes de seus quatro maiores mercados europeus vão responder diretamente ao presidente-executivo, Vittorio Colao, para acelerar o processo de tomada de decisões em mercados que mudam rapidamente, após decidir descartar sua estrutura de administração regional europeia.

A companhia disse em comunicado nesta terça-feira que seu chefe regional para a Europa, Philipp Hamm, deixará o posto em outubro.

Hannes Ametsreiter na Alemanha, Aldo Bisio na Itália, Jeroen Hoencamp no Reino Unido e Antonio Coimbra na Espanha vão tornar-se membros do comitê executivo do grupo, disse a operadora de telefonia móvel.

O presidente-executivo da Vodafone Holanda, Rob Shuter, também participará do comitê e vai assumir responsabilidades adicionais de liderança para os mercados europeus menores da Vodafone, disse a companhia.