Virgin lança serviço de cruzeiro em meio à epidemia de vírus

A frota da Virgin quer capitalizar a expansão de viagens de cruzeiro entre os mais jovens

A marca Virgin, de Richard Branson, lançou um serviço de cruzeiro somente para adultos que começa a operar em abril, justo quando o setor em rápido crescimento enfrenta o pior revés dos últimos anos com o surto de coronavírus.

Na sexta-feira, a Virgin apresentou o Scarlet Lady em Dover, Inglaterra, o primeiro dos quatro novos navios que formarão a frota Virgin Voyages. O objetivo da empresa é proporcionar uma “experiência de luxo de um hotel boutique ao mar”, disse o bilionário em comunicado.

O navio terá Miami como base para viagens ao Caribe, a milhares de quilômetros do epicentro asiático do vírus, mas não está claro qual será o impacto da epidemia na demanda geral. O trauma de 3.700 pessoas mantidas a bordo de um navio no Japão enquanto o coronavírus contaminava passageiros foi manchete em todo o mundo. Carnival e Royal Caribbean Cruises anunciaram alertas de lucro.

A frota da Virgin quer capitalizar a expansão de viagens de cruzeiro entre os mais jovens. Os navios ostentarão interiores de Tom Dixon, Roman e Williams e oferecerão programas de ginástica, ioga, 20 restaurantes com padrão Michelin e entretenimento, com performances de drags e eventos com DJs famosos como Mark Ronson.

Scarlet Lady, navio de cruzeiro da frota Virgin Voyages, do empresário Richard Branson

Scarlet Lady, navio de cruzeiro da frota Virgin Voyages, do empresário Richard Branson (Virgin Voyages/Divulgação)

Entre as maiores operadoras, a Norwegian Cruise Line Holdings está menos exposta aos mercados asiáticos, seguida pela Royal Caribbean e Carnival, segundo nota de analistas da Berenberg. Ainda não há evidências de que a cobertura da mídia do cruzeiro em quarentena em Yokohama ou de outro navio recusado por cinco países esteja afetando reservas globalmente, e não apenas a Ásia, atingida pelo vírus, disseram.

O Scarlet Lady, fabricado em Gênova, Itália, percorrerá rotas com paradas no México, República Dominicana, Cayo Hueso e Bahamas, onde os passageiros poderão usar seu próprio clube de praia. Um segundo navio terá como base Barcelona e oferecerá cruzeiros no Mediterrâneo a partir de 2021.

Scarlet Lady, navio de cruzeiro da frota Virgin Voyages, do empresário Richard Branson

Scarlet Lady, navio de cruzeiro da frota Virgin Voyages, do empresário Richard Branson (Virgin Voyages/Divulgação)