Versace rememora os 20 anos da morte de seu fundador

A coleção desfilada nesta sexta (22), na Semana de Moda de Milão, foi uma homenagem ao legado de Gianni Versace

Rememorando os 20 anos da morte de seu fundador, Gianni Versace, assassinado em 1997, a Versace decidiu homenagear o estilista no desfile da marca que ocorreu nesta sexta, 22, na Semana de Moda de Milão.

Para celebrar o legado do estilista, responsável pela glamurização da fila A, sua irmã, Donatella Versace, atual diretora criativa da marca, encerrou a apresentação com as supermodelos Cindy Crawford, Naomi Campbell, Claudia Schiffer, Helena Christensen e Carla Bruni, que usaram vestidos longos metalizados – um dos looks eternizados por Versace -, ao som de Freedom, de George Michael.

A coleção desfilada também foi uma homenagem ao legado de Gianni. A estilista estampou as peças com padronagens criadas por ele entre 1991 e 1995, algumas que ficaram muito famosas, como as de correntes e que imitam peles de animais.

“Gianni era um apaixonado, tão cheio de vida, e suas estampas realmente expressam este espírito”, disse Donatella na coletiva de imprensa após o desfile.