Vendas de veículos crescem 8,7% em 2019, melhor resultado em 5 anos

A General Motors foi mais uma vez líder de emplacamentos no mercado brasileiro, impulsionada pelo compacto Onix

As vendas de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus encerraram 2019 com um avanço de 8,7% sobre o ano anterior, informou na tarde desta quinta-feira, 02, a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

A General Motors foi mais uma vez a líder de vendas, com mais da metade de seus emplacamentos proveniente do compacto Onix. No acumulado do ano, a montadora registrou 241 mil unidades emplacadas do modelo.

Em seguida veio o Ford Ka, que durante o ano todo disputou a vice-liderança com o HB20, da Hyundai.

Ao todo, foram emplacados 2,78 milhões de veículos no país em 2019, incluindo leves e pesados, o melhor resultado desde 2014, quando foram vendidas 3,49 milhões de unidades.

No entanto, o desempenho ainda não se aproxima do recorde do mercado de 2013, quando as vendas de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus no país atingiram 3,8 milhões de unidades.

Veículos pesados

O segmento de caminhões apresentou a maior alta, com avanço de 33% das vendas sobre 2018, totalizando 101.735 unidades emplacadas. As vendas de ônibus tiveram incremento de aproximadamente 39%, para 27.193 unidades.

O setor de veículos pesados vem tentando se recuperar da forte queda registrada nos últimos anos. Durante a crise econômica que assolou o país de 2014 a 2016, as montadoras de caminhões e ônibus operaram com apenas um turno, demitiram e colocaram milhares de trabalhadores em lay-off (suspensão temporária do contrato de trabalho).

Com a retomada gradual da economia e queda da taxa básica de juros, aos poucos o setor viu a renovação da frota.