Vendas da Roche crescem 6% no 1º semestre de 2015

Aumento do acesso a remédios contra o câncer, principalmente no Brasil, contribuiu para a alta

São Paulo – As vendas da Roche cresceram 6% no primeiro semestre de 2015, alcançando 23,5 bilhões de francos suíços.

De acordo com a companhia, o resultado foi impulsionado pelo aumento da demanda por medicamentos de oncologia e imunologia na divisão Farmacêutica, que contribuiu com 18,3 bilhões de francos suíços na receita, uma alta de 5%.

Já a divisão diagnóstica cresceu 7%, impulsionada pelas linhas de imunologia e de diagnóstico molecular.

Na América Latina, o crescimento foi de 12% nas vendas, com destaque para a participação do Brasil e Argentina.

Segund a farmacêutica, que é a onde a maior fabricante de medicamentos contra câncer no mundo, o acesso aos medicamentos oncológicos cresceu e ajudou a aumentar as vendas.

Já na divisão diagnóstica, a América Latina posicionou-se como a segunda região com melhor desempenho, com crescimento de 14%, atrás apenas da Ásia.

Segundo o presidente da Roche Brasil, Rolf Hoenger, “o mercado farmacêutico brasileiro tem a expectativa de crescer cerca de 10% ao ano em 2015” e a meta da Roche é continuar crescendo na mesma linha.

O Brasil é a sexta maior afiliada da Roche no mundo e é a quinta que mais cresce no Grupo (atrás dos Estados Unidos, Alemanha, França e China) e a 2ª que mais avança entre os mercados emergentes (atrás da China).

Em 2014, a unidade brasileira alcançou R$ 2,3 bilhões em vendas.