Venda de ativos tornará dívida menos preocupante, diz CEO da Telefônica

Executivo afirmou que a Telefônica pode considerar recomprar ações uma vez que se sinta "confortável" com sua alavancagem

 Madri — O presidente-executivo da Telefônica disse nesta quinta-feira que espera que a dívida líquida da empresa se torne uma preocupação menor em um futuro próximo, permitindo que a empresa reconsidere a remuneração dos acionistas.

“Acreditamos que estamos nos aproximando de um momento em que a dívida líquida é menos preocupante”, disse José María Álvarez-Pallete em uma teleconferência, acrescentando que a empresa pode considerar recomprar ações uma vez que se sinta “confortável” com sua alavancagem.

“Esperamos vendas multibilionárias de ativos no futuro próximo … certamente isso ajudará a trazer esse momento adiante”, acrescentou.