Valmir Rossi assume presidência do Banco da Amazônia

Ele substituirá Abidias José de Sousa Júnior, que ocupava o cargo desde abril de 2007

Brasília – O Banco da Amazônia (Basa) tem novo presidente. Valmir Pedro Rossi foi nomeado para o cargo em substituição a Abidias José de Sousa Júnior, que ocupava o cargo desde abril de 2007.

Os decretos de exoneração e nomeação para a presidência do banco estão publicados no Diário Oficial da União desta sexta-feira.

Há quase seis anos à frente do Banco da Amazônia, Abidias pediu exoneração do cargo e, segundo apurou o Grupo Estado, na carta enviada ao ministro da Fazenda, Guido Mantega, alegou a necessidade de “restabelecer o convívio familiar e tratamento de saúde dos filhos” para deixar o posto.

Depois de reestruturar o banco, promovendo grandes mudanças na instituição, foi difícil para o ex-presidente do Basa convencer o governo do seu desligamento do cargo.

Segundo fontes, os diretores Gilvandro Negrão e Eduardo Cunha, que ingressaram no Basa junto com Abidias, também estão deixando os cargos, após “o fim desse ciclo”. Os três são funcionários de carreira do Banco do Brasil e devem retornar à instituição.

O novo presidente do Banco da Amazônia também é funcionário do Banco do Brasil, já atuou na Amazônia e atualmente estava na gerência regional do BB da América Latina, em Buenos Aires.

De acordo com essas mesmas fontes, devem ser indicados para a diretoria do Basa outros dois funcionários de carreira do BB: José Roberto de Lima, que atualmente está em Brasília, e Nilvo Reinoldo Frias, que está na superintendência do banco no Amapá.