Vale lidera embarques no 1º trimestre, informou o MDIC

Vale faturou US$ 5,777 bi (preço FOB) com vendas externas no primeiro trimestre de 2014, segundo o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior

São Paulo – A Vale, maior exportadora do Brasil, faturou US$ 5,777 bilhões (preço FOB) com vendas externas no primeiro trimestre de 2014, segundo dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

O volume é 3,8% superior ao registrado no mesmo período do ano passado. A Petrobras, segunda do ranking, viu suas exportações caírem 0,85% no mesmo período, para US$ 2,747 bilhões.

Quando considerados apenas os números de março, ambas as companhias apresentaram recuo em suas vendas externas.

As exportações da Vale caíram 2%, para US$ 1,922 bilhão. Já as da petrolífera diminuíram 35,5%, para US$ 990,995 milhões. Assim, a mineradora vem exportando o dobro em valores do que a segunda colocada no ranking.

A terceira colocada do ranking divulgado pelo MDIC, ao fechamento do primeiro trimestre do ano, foi a JBS, com exportação total de US$ 997,443 milhões nos três primeiros meses do ano.

O volume representa uma expansão de 33,76% em relação ao acumulado do primeiro trimestre de 2013. Parte desse aumento é explicada pela inclusão da Seara nas receitas da companhia.

A Cargill avançou posições e consta agora na quarta colocação. No primeiro trimestre do ano a companhia exportou US$ 995,241 milhões, alta de 0,49% na relação anual.

A BRF ficou na quinta colocação, com US$ 961,803 milhões exportados no intervalo de janeiro a março, uma retração de 22,5% em relação ao mesmo período do ano passado.

O ranking dos dez maiores exportadores conta ainda com a Bunge, com vendas de US$ 840,981 milhões no trimestre (queda de 23,4% sobre o mesmo período de 2013); Louis Dreyfus Commodities Brasil, com US$ 787,687 milhões (alta de 2,29%); Braskem, com US$ 723,429 milhões (+2,57%); Samarco, com US$ 707,88 milhões (-13,8%) e ADM do Brasil, com US$ 707,83 milhões (+4,67%).

A Embraer continua fora da lista das dez maiores exportadoras do país. No entanto, ela subiu uma posição e agora vem na 11ª colocação, com exportações de US$ 654,794 milhões, queda de 8,47% ante o primeiro trimestre do ano passado.