UTC está perto de firmar maior acordo aeroespacial da história

Acordo de 23 bilhões de dólares pela Rockwell Collins criaria uma nova empresa no topo do escalão de fornecedores para fabricantes de aviões

Bruxelas – O conglomerado industrial e aeroespacial norte-americano United Technologies Corp está perto de receber a aprovação da União Europeia para o maior acordo aeroespacial da história, disseram fontes familiarizadas com o assunto nesta quarta-feira.

O acordo anunciado em setembro do ano passado – uma oferta de 23 bilhões de dólares pela fabricante de componentes eletrônicos para aviação Rockwell Collins – criaria uma nova empresa no topo do escalão de fornecedores para Boeing, Airbus, Bombadier e outras fabricantes de aviões.

A aquisição daria à UTC, fabricante dos motores de jatos Pratt & Whitney, mais poder para resistir a pressões de fabricantes de aviões que buscam cortes de custo.

A UTC ofereceu vender ativos para atender as preocupações da Comissão Europeia, disseram as fontes, sem apresentar detalhes.

O órgão responsável pela concorrência da UE, que deve decidir sobre o acordo até 4 de maio, não comentou. A UTC não respondeu imediatamente a um pedido por comentário.

Os negócios da Rockwell Collins são de componentes eletrônicos para aviação, assentos e interior de aviões.