Usiminas paga 50% de saldo em aberto de notas de subsidiária

O pagamento de 89,897 milhões de dólares faz parte de uma renegociação de dívida com bancos e credores

São Paulo – A Usiminas pagou 50 por cento do saldo do principal em aberto das notas emitidas pela subsidiária Usiminas Commercial, no montante total de 89,897 milhões de dólares, informou a siderúrgica em comunicado nesta sexta-feira.

O pagamento faz parte de uma renegociação de dívida com bancos e credores que dispensa a siderúrgica de fazer troca de bônus detidos por bancos japoneses e debenturistas.

“Com o referido pagamento, a Usiminas supera mais uma importante etapa de sua reestruturação financeira”, disse a empresa na nota.