Usiminas envia recurso contra indicação de conselho por CSN

Usiminas afirma que o presidente do Cade, Vinícius de Carvalho, não tem competência legal para autorizar sozinho "flexibilização" do acordo

São Paulo – A Usiminas encaminhou nesta terça-feira ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) recurso contra decisão que pode permitir a eleição de conselheiros indicados pela rival CSN durante assembleia de acionistas marcada para quinta-feira.

No documento enviado ao Cade e elaborado pelo escritório Levy & Salomão, a Usiminas afirma que o presidente do Cade, Vinícius de Carvalho, não tem competência legal para autorizar sozinho “flexibilização” do acordo que tirou direitos políticos da CSN na Usiminas.

 Mais informações em instantes