United espera joint ventures com companhias aéreas da América Latina

Companhia está tentando finalizar acordos com a colombiana Avianca Holdings , com a panamenha Copa Airlines e com a brasileira Azul

Denver, EUA – A United Continental Holdings está vendo joint ventures com três companhias aéreas latino-americanas em um futuro próximo, mas um eventual acordo não vai deixar a empresa imune à volatilidade da região, afirmou o presidente da companhia aérea norte-americana, Scott Kirby, nesta terça-feira.

“Eu acho que conseguiremos fazer (acordos) em um futuro não tão distante, mas é difícil prever o momento exato”, disse o executivo durante o evento do setor nos Estados Unidos. “Toda a turbulência na América Latina torna as coisas mais complicadas.”

A United, terceira maior companhia aérea dos EUA, está tentando finalizar acordos com a colombiana Avianca Holdings , com a panamenha Copa Airlines e com a brasileira Azul .

No começo do mês, executivos da Azul afirmaram que a empresa estava conversando com a United sobre uma joint venture após a conclusão do acordo de céus abertos entre Brasil e Estados Unidos. Na ocasião, o presidente do conselho da Azul, David Neeleman, disse que a conclusão de um acordo desse tipo “leva tempo”.

Tais parcerias vão melhorar a conectividade entre os EUA e os mercados de aviação da América Latina e criar oportunidades de crescimento, afirmou Kirby a jornalistas durante o evento.