Unilever perdeu € 60 milhões com recall do Ades

Como estratégia, companhia relançou a marca Soy Force para tentar conter a queda das vendas da bebida à base de soja

São Paulo – A Unilever perdeu 60 milhões de euros, cerca de 200 milhões de reais com a conversão do câmbio atual, com o recall do Ades no Brasil no ano passado.

Segundo dados o balanço anual da companhia, embora o problema tenha sido resolvido rapidamente, não foi possível conter a queda das vendas do produto.

Para amenizar a situação, a Unilever também relançou a marca Soy Force, que, segundo a própria empresa, “ajudou a reconstruir a demanda da bebida à base de soja”.

Em março do ano passado, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu a fabricação, distribuição, comercialização e consumo, em todo o território nacional, de todos os lotes dos produtos da marca Ades.

A iniciativa da Anvisa ocorreu depois que a Unilever anunciou recall de 96 unidades do suco Ades maçã de 1,5 litro.

Segundo a empresa, houve uma alteração no conteúdo do envase devido a uma falha no processo de higienização, o que resultou no envasamento de solução de limpeza no lugar de suco.

De acordo com nota divulgada pela Unilever na época, o consumo da substância poderia causar queimaduras.