UniCredit planeja aumento de capital de 13 bilhões de euros

Fontes dizem que o banco decidirá sobre o momento para a elevação de capital, cujo montante é um pouco inferior à capitalização de mercado do banco

Milão – O banco italiano UniCredit planeja um aumento de capital de 13 bilhões de euros (US$ 14,11 bilhões), afirmou uma pessoa familiarizada com o assunto nesta segunda-feira.

A iniciativa é parte do plano estratégico do banco para impulsionar suas finanças.

Pessoas ligadas ao assunto dizem que o banco decidirá sobre o momento para a elevação de capital, cujo montante é um pouco inferior à capitalização de mercado do banco, após os resultados do referendo constitucional da Itália marcado para 4 de dezembro.

Uma vitória do “não” no referendo poderia derrubar o governo do primeiro-ministro Matteo Renzi e gerar um período de instabilidade nos mercados.

Desde o início do ano, os bancos italianos têm enfrentado a ansiedade dos investidores sobre a solidez do sistema, que enfrenta um quadro de empréstimos inadimplentes e baixa lucratividade.

As ações dos bancos italianos caíram mais de 40% desde o início do ano, enquanto as dos bancos europeus em geral recuaram 14% no mesmo período.

As ações do UniCredit recuaram 55% desde janeiro. Todas as ações dos bancos italianos mostram volatilidade nas semanas anteriores ao referendo constitucional, que tem resultado incerto segundo as pesquisas.

O banco deve divulgar um plano estratégico, que incluirá, além do aumento de capital, possivelmente a venda de ativos e grandes cortes de custos. A previsão é que esse anúncio seja feito em 13 de dezembro.

Fonte: Dow Jones Newswires