UE apela de decisão da OMC sobre subsídios à Airbus

Alemanha, França, Reino Unido e Espanha são os países envolvidos

A Comissão Europeia apelou nesta quinta-feira da decisão da Organização Mundial do Comércio (OMC) que considerava que a UE e alguns de seus países membros acordaram subsídios ilegais à fabricante europeia de aviões Airbus, anunciou o Executivo europeu em um comunicado.

“Aspectos significativos” da decisão da OMC de setembro “não podem ser considerados satisfatórios”, indicou a Comissão Europeia, em representação dos países do bloco envolvidos neste caso: Alemanha, França, Reino Unido e Espanha.