UBS tem prejuízo no 4º trimestre com impacto de reforma dos EUA

O resultado foi atribuído a custos extraordinários de 2,9 bilhões de francos suíços relacionados à reforma tributária dos EUA, aprovada em dezembro

Zurique – O banco suíço UBS divulgou hoje que teve prejuízo líquido de 2,22 bilhões de francos suíços (cerca de US$ 2,3 bilhões) no quarto trimestre de 2017, revertendo o lucro de 636 milhões de francos obtido em igual período do ano anterior. O resultado negativo foi atribuído a custos extraordinários de 2,9 bilhões de francos suíços relacionados à reforma tributária dos EUA, aprovada em dezembro.

Por outro lado, o lucro operacional antes de impostos do UBS subiu 34% na mesma comparação, a 997 milhões de francos suíços, enquanto as despesas operacionais recuaram 3%, a 6,13 bilhões de francos.

Em todo o ano de 2017, o UBS garantiu lucro líquido de 1,17 bilhão de francos suíços, ante 3,2 bilhões de francos no ano anterior. Já o lucro operacional antes de impostos cresceu 32% no ano passado, a 5,41 bilhões de francos.

O UBS, que tem sede em Zurique, também anunciou hoje uma recompra de ações no valor de 2 bilhões de francos suíços.

Fonte: Dow Jones Newswires.