Uber demite pessoal de marketing para reduzir custos

Cerca de 400 cargos devem ser excluídos de sua equipe de marketing integrada por mais de 1.200 funcionários

Uber confirmou nesta segunda-feira que eliminará 400 cargos em sua equipe de marketing integrada por mais de 1.200 funcionários visando reduzir custos e melhorar sua eficiência.

O presidente executivo do Uber, Dara Khosrowshahi, e a chefe da equipe de marketing, Jill Hazelbaker, anunciaram a reestruturação interna, junto ao objetivo de tornar a mensagem da companhia mais consistente, segundo o jornal The New York Times.

No final do quarto trimestre, Uber informou ter 24.494 funcionários em todo o mundo, incluindo mais de 1.200 na área de marketing.

Esta medida de austeridade chega no momento em que a empresa está sob pressão dos mercados financeiros, após uma estreia fracassada na bolsa, em maio.

Khosrowshahi mencionou a necessidade de uma “narrativa” clara e coerente sobre como Uber é visto pelos consumidores, sócios, congressistas e a imprensa.

Após estrear em maio ao preço de 45 dólares para oferta pública inicial, a um valor de mercado de 82 bilhões de dólares, as ações do Uber começaram a cair.