Twitter abre novo escritório no Brasil focado em publicidade

Diretor-geral enfatizou que o modelo de negócio do Twitter "é a publicidade, e fazer parte de uma ponte entre os meios tradicionais e os usuários online"

São Paulo – O Twitter anunciou nesta quarta-feira a abertura de uma nova sede no Brasil, país que está entre os cinco mais populares da rede social, com o foco posto em seu modelo de negócio, a publicidade.

“Em 2014 o Twitter demonstrou refletir a queda de braço da sociedade”, disse em entrevista coletiva o diretor-geral da empresa do pássaro azul no Brasil, Guilherme Ribenboim, durante a inauguração do escritório em São Paulo.

Ribenboim enfatizou que o modelo de negócio do Twitter “é a publicidade, e fazer parte de uma ponte entre os meios tradicionais e os usuários online”.

Apesar de não ter revelado valores sobre a operação do Twitter no Brasil, a rede social de 140 caracteres deu um salto em 2014 no país, principalmente por causa da Copa do Mundo e das eleições.

“Durante as eleições, o tema reuniu 39,8 milhões de tuítes”, acrescentou o diretor.

Para comparar, revelou que no segundo turno, em 26 de outubro, que reelegeu a presidente Dilma Rousseff, foram registrados 4,2 milhões de tuítes, contra 6,5 milhões registrados no debate presidencial dos Estados Unidos em 2012.

Segundo Ribenboim, o Twitter se transformou em uma influência até para a televisão e funciona como “um grande sofá”, já que da tela do celular os usuários comentam em tempo real eventos que passam na televisão, como aconteceu durante a Copa.

No Mundial foram registrados 672 milhões de tuítes e no mercado brasileiro os comentários e arquivos compartilhados subiam 130% quando a seleção estava jogando.

A empresa informou que desde 2012, quando desembarcou no Brasil com um escritório no Rio de Janeiro e outro em São Paulo, tinham 20 anunciantes e que esse número saltou para os atuais 161.

Ribenboim disse à Agência Efe que o Twitter não fornece dados de usuários às empresas interessadas em publicidade para encontrar alvos de marketing, mas esse trabalho faz parte da estratégia de negócios da rede social.

Carlos Moreira Júnior, diretor de Comunicação para a América Latina, comentou à Efe que a operação brasileira está no “top 5” do Twitter no plano mundial.

A empresa, que tem oito anos de vida, informou que tem 63 funcionários no país, distribuídos entre São Paulo e Rio de Janeiro.