TSMC prevê alta da receita no trimestre de lançamento do iPhone X

O maior fabricante de chips por contrato do mundo também espera um crescimento anual da receita de 5 a 10 por cento nos próximos anos

Taipé – A Taiwan Semiconductor Manufacturing (TSMC) disse que a demanda de fabricantes de dispositivos móveis provavelmente impulsionará o crescimento da receita no último trimestre do ano para 10 por cento, ante o trimestre imediatamente anterior, em um período em que a Apple inicia as vendas de seu iPhone X.

O maior fabricante de chips por contrato do mundo também espera um crescimento anual da receita de 5 a 10 por cento nos próximos anos, e despesas de capital um pouco acima de 10 bilhões de dólares, disseram executivos ao divulgarem os resultado trimestral nesta quinta-feira.

A TSMC divulgou queda de 7,1 por cento no lucro do terceiro trimestre, um declínio ligeiramente mais suave do que os analistas estimavam. A receita aumentou 1,5 por cento, superando marginalmente a previsão da empresa.

A demanda por celulares cada vez mais potentes, bem como por servidores para computação em nuvem, elevou os preços das ações dos fabricantes de chips este ano, com a TSMC saltando 68 por cento. O crescimento global do mercado de chips neste ano provavelmente será 16 por cento, disse a empresa.

Mas a concorrência deve aumentar. A sul-coreana Samsung Electronics, maior fabricante de chips de memória do mundo, planeja triplicar sua participação no mercado de produção de chips por contrato dentro de cinco anos.

No terceiro trimestre, o lucro foi de 89,93 bilhões de dólares taiuanêses (2,98 bilhões de dólares) contra a média de 88,19 bilhões de dólares taiuanêses prevista por analistas em uma pesquisa da Thomson Reuters. A receita chegou a 8,32 bilhões de dólares e a margem operacional foi de 38,9 por cento.

A TSMC previu uma receita de 9,1 bilhões a 9,2 bilhões de dólares para o quarto trimestre, com uma margem operacional entre 37 e 39 por cento. Durante o último trimestre do ano, a Apple começa a comercializar o iPhone X que, conforme as expectativas, deve utilizar chips fabricados pela TSMC.