Toyota reduzirá produção em oito países por inundações na Tailândia

As fábricas da empresa que serão afetadas estão nos Estados Unidos, Canadá, África do Sul, Indonésia, Filipinas, Vietnã, Paquistão e Malásia

Tóquio – A Toyota, maior fabricante mundial de veículos, anunciou nesta sexta-feira que reduzirá sua produção em oito países, pelo menos até 14 de novembro, devido à escassez de peças motivada pelas inundações na Tailândia.

A interrupção, que já está em vigor em suas fábricas no Japão e na Tailândia, também afetará a partir da próxima segunda-feira as fábricas nos Estados Unidos, Canadá, África do Sul, Indonésia, Filipinas, Vietnã, Paquistão e Malásia.

A Toyota explica em comunicado que sua direção tomará uma decisão sobre a produção no próximo dia 14 após observar ‘a situação da provisão de autopeças em cada linha de produção’.

A companhia indica que também irá paralisar, apesar de não terem sofrido danos, suas fábricas em Samrong, Gateway e Ban Pho, na Tailândia, até 12 de novembro.

Quanto aos efeitos das inundações, a companhia estima que entre 10 outubro e 5 novembro deixou de produzir na Tailândia aproximadamente 69 mil unidades, enquanto outros 22 mil veículos não foram fabricados no Japão entre 24 de outubro e 5 de novembro, segundo dados divulgado pelo diário ‘Nikkei’.

Outros fabricantes japoneses do setor também foram afetados pelo desastre na Tailândia, como a Honda, que reduziu sua produção nos Estados Unidos e no Canadá à metade até 11 de novembro.