Toyota pagará multa de US$ 17,35 milhões nos EUA

Montadora será multada por falhas na comunicação de defeitos de segurança aos reguladores do país dentro do período exigido pela lei

O Departamento de Transportes dos EUA informou que a fabricante de veículos japonesa Toyota concordou em pagar US$ 17,35 milhões em multas por falhas na comunicação de defeitos de segurança aos reguladores do país no período de cinco dias exigido pela lei.

O órgão norte-americano anunciou a medida em seu site e disse que a penalidade é a máxima permitida pela lei. Esta é a segunda vez em dois anos que a Toyota concorda em pagar multas por não denunciar defeitos do veículo para os reguladores dos EUA, conforme exigido pelas leis do país.

Em 2009 e 2010, a companhia realizou um recall de 8 milhões de veículos em todo o mundo para tratar de defeitos ligados a relatos de aceleração súbita. Na época, pagou multas de US$ 48,8 milhões. Em um comunicado, o departamento disse que a Administração Nacional de Segurança de Tráfego de Estradas (NHTSA, da sigla em inglês) começou a notar no início de 2012 relatos de que os tapetes instalados no Lexus RX 350 de 2010 estavam deslizando para fora de posição e prendendo os pedais. Em junho, a Toyota disse à NHTSA que faria o recall de 154.036 veículos do modelo Lexus RX para corrigir o problema.

Como parte do acordo anunciado nesta terça-feira, a Toyota e suas subsidiárias nos EUA tomarão medidas “para melhorar a sua capacidade de levar em conta as consequências de possíveis defeitos relacionados à segurança”. As informações são da Dow Jones.