TOTVS é a melhor da indústria digital de 2012

Fundada em 1983 como Microsiga, empresa tocou um ambicioso projeto de expansão no país e agora planeja crescer no exterior

São Paulo – A TOTVS foi escolhida a melhor empresa da indústria digital do prêmio de Melhores e Maiores, da revista EXAME. Especializada em programas que reúnem todas as informações de uma corporação em um só pacote, a Totvs foi a primeira do setor a abrir capital na bolsa de valores. A operação levantou 460 milhões de reais em 2006. 

Mas a trajetória da companhia começou bem antes de ela ver seus papéis serem negociados no mercado. Em 1983, Laércio Cosentino propôs ao sócio Ernesto Haberkorn que montassem a Microsiga, fabricante de softwares para pequenas e médias empresas. Dali em diante, a empresa percorreria diferentes caminhos para crescer: a expansão por franquias no começo dos anos 90 e o aporte do fundo de private equity Advent em 99 foram apenas alguns deles. 

Rebatizada de TOTVS, a companhia foi às compras depois da injeção de capital proporcionada pelo IPO: além da Logocenter, que havia sido comprada em 2004, a companhia levou a RM Sistemas e a Datasul, consolidando sua liderança absoluta no segmento de softwares de gestão. Empresas menores também engordaram sua carteira – em 29 anos de história, a Totvs fez mais de 40 aquisições.

Agora, a ideia é estender as operações para além das fronteiras nacionais: em 2011, por exemplo, a empresa criou um time dedicado ao mercado estrangeiro. No mesmo ano, a Totvs obteve um lucro líquido ajustado de 75,8 milhões de dólares, com margem de vendas de 13%.