Totvs conclui integração de suas 45 aquisições e quer mais

Nos últimos cinco anos, empresa alinhou aos seus negócios todas as pequenas e grandes operações e planeja ainda ir às compras

São Paulo – A Totvs passou os últimos cinco anos ocupada com a integração das 45 aquisições que fez aos seus negócios. Neste ano, todo o processo deve ser concluído e, ao que tudo indica, os investimentos neste sentido não param por aí.

Segundo Laércio Cosentino, presidente da companhia a empresa está sempre à procura de novas oportunidades. “Queremos nos consagrar como uma companhia global, e aquisições estão sempre no radar”, disse o executivo, que participou, nesta sexta-feira, do Fórum EXAME.

Por se tratar de uma empresa de capital aberto, Cosentino desconversou quando questionado se, neste ano, alguma grande compra poderia ser anunciada pela Totvs, mas não descartou a possibilidade. “Podem vir mais 45 por aí”, afirmou o executivo.

Pedra no sapato

Cosentino participou da mesa de um dos painéis do evento, cujo tema era competitividade. O executivo foi convicto ao afirmar que, hoje, uma das maiores pedras no sapato das empresas brasileiras é a carga tributária. “Sabemos que não dá para acabar com os impostos, mas sou a favor de um imposto mais justo”, defendeu.

Em seus últimos resultados financeiros, a Totvs apresentou crescimento constante de lucro. No segundo trimestre, os ganhos da companhia somaram 35,9 milhões de reais, com taxa de crescimento de cerca de 10% na comparação com o mesmo período de 2010. A companhia espera manter o mesmo ritmo de crescimento nos próximos trimestre do ano.