Total Express está entre melhores empresas de logística do Brasil

Prêmio ABComm de Inovação Digital 2017 foi entregue nesta terça-feira, dia 4 de abril

O Prêmio ABComm de Inovação Digital 2017, promovido pela Associação Brasileira de Comércio Eletrônico, destacou a Total Express, empresa de logística do Grupo Abril, entre as três melhores do seu segmento em evento realizado nesta terça-feira, dia 4 de abril. Na última semana, a empresa também havia conquistado o primeiro lugar no Top Quality 2017, do Magazine Luiza, na categoria Courier.

Para Bruno Tortorello, diretor-geral da Total Express, o reconhecimento é resultado dos investimentos em tecnologia, processos e serviços diferenciados realizados nos últimos meses. “Nosso objetivo é facilitar a vida do nosso cliente e do cliente do nosso cliente”, diz.

Entre os novos serviços apresentados pela empresa está o e-TOTAL, plataforma que abraça comércios eletrônicos pequenos e médios negócios que normalmente têm dificuldade de gerenciar sua logística de vendas. Segundo Tortorello, a novidade foi lançada para atender às necessidades dos lojistas que contavam com o eSedex, extinto pelos Correios no fim do ano passado. O novo serviço, ele afirma, oferece preços até 40% mais baixos do que os praticados pelos Correios atualmente. “Temos coleta grátis, rastreamento on-line das encomendas, seguro total em 100% das entregas e entrega em todo o Brasil”, ressalta.

O e-TOTAL já tem mais de 1 000 clientes cadastrados e esse número vem dobrando semanalmente. Outra novidade recente é o Expresso, que entrega encomendas em um dia em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Curitiba ou em dois dias em outras sete capitais.

Nos próximos dias, a Total Express deve iniciar um piloto de logística reversa na Grande São Paulo. “Comprar um produto e poder trocar se não gostar ou não servir vai passar a fazer parte da experiência do consumidor on-line”, afirma Tortorello. A expectativa da empresa é que as vendas no segmento de moda, por exemplo, sejam impulsionadas por essa facilidade. “Nos Estados Unidos, a logística reversa representa de 20% a 30% do movimento do e-commerce”, diz. “No Brasil, não chega nem a 5% do total porque ainda não existe uma estrutura adequada para isso”, acredita. “Por enquanto, se você comprar um tênis e quiser trocar, terá de ir a uma agência dos Correios para devolver.”

No ano passado, a Total Express cresceu 12%. Para este ano, a expectativa é de aumentar o faturamento em 20% e multiplicar por cinco a base de clientes. Atualmente, a empresa atende mais de 2 800 municípios brasileiros com 5 000 veículos dedicados em 600 rotas semanais aéreas e terrestres.