Toshiba é multada em US$ 87 milhões por combinar preços

A justiça norte-americana considerou que a fabricante japonesa combinou com outras empresas os preços de painéis LCD

Tóquio – Um tribunal da Califórnia, nos Estados Unidos, multou a Toshiba em US$ 87 milhões por considerar que a fabricante japonesa combinou com outras companhias os preços de painéis LCD, informou nesta quarta-feira a própria empresa.

Em comunicado, a Toshiba explica que um tribunal de São Francisco emitiu um veredicto contra si “devido a supostas práticas anticoncorrência no setor LCD”.

No entanto, o texto acrescenta que a empresa “sustentou de forma consistente que não houve nenhuma atividade ilegal por sua parte no setor de LCD nos EUA, e continua mantendo esta postura”, pelo que utilizará todos os recursos legais “para corrigir o erro” do veredicto.

A Toshiba também precisa que não revisará suas previsões de resultados para o ano fiscal de 2012, que se encerra em março de 2013, devido a essa sentença.

O processo foi iniciado depois que vários compradores de painéis LCD e produtos relacionados nos EUA apresentaram um processo conjunto em 2007 contra um grupo de companhias que teriam se organizado para manter os preços elevados.

Várias fabricantes, incluindo as também japonesas Hitachi e Sharp e a sul-coreana Samsung, reconheceram sua responsabilidade e chegaram a acordos para pagar compensações aos consumidores e organismos afetados, enquanto a Toshiba rejeitou a acusação e decidiu enfrentar o processo judicial.