Tok&Stok atrai interesse de Advent e Warburg, dizem fontes

Rede de lojas está à venda desde o ano passado, atraindo agora o interesse dos fundos de private equity

São Paulo – A rede de loja de móveis e artigos para casa Tok&Stok, que está à venda desde 2011, atraiu o interesse dos fundos de private equity Advent International Corp., Warburg Pincus LLC e Carlyle Group LP, segundo duas pessoas com conhecimento direto do assunto.

Os fundos estão entre os cerca de dez investidores que o Banco BTG Pactual SA selecionou para analisar a compra da Estok Comércio e Representações Ltda., o verdadeiro nome da empresa com sede em Barueri, disseram as duas pessoas, que pediram para não ser identificadas porque as informações não são públicas. A Tok&Stok, que também foi oferecida para investidores estratégicos, está avaliada em cerca de R$ 1 bilhão, uma das pessoas disse.

O Warburg Pincus, o Advent e a Tok&stok não quiseram comentar, segundo comunicados enviados por e-mail. O BTG e o Carlyle não retornaram imediatamente e-mails e ligações em busca de comentário.

Fundos de private equity estão investindo no Brasil para se aproveitar da rápida expansão econômica do País. O Banco Mundial disse no mês passado que prevê uma expansão de 3,4 por cento para a economia brasileira em 2012, comparada a uma contração de 0,3 por cento para a região do euro. O Carlyle, com sede em Washington, levantou US$ 1 bilhão em junho para investir em companhias na América do Sul, com destaque no Brasil. O Advent levantou US$ 1,65 bilhão em 2010 para o fundo Lapef V investir na região. O Warburg contratou o ex-presidente do conselho da Alcoa Inc. para liderar seus investimentos na América Latina.

A Tok&Stok, que foi fundada por Régis e Ghislaine Dubrule em 1978, tem cerca de 2.000 funcionários e 36 lojas em 10 estados, de acordo com o seu website.