ThyssenKrupp venderá unidade Tailored Blanks para chineses

Com operação, empresa quer se desfazer de ativos com receitas totais de 10 bilhões de euros

Frankfurt – A ThyssenKrupp disse que chegou a um acordo para vender a unidade Tailored Blanks para a chinesa Wuhan Iron and Steel (WISCO) como parte de um movimento para se desfazer de ativos com receitas totais de 10 bilhões de euros (12,9 bilhões de dólares).

A companhia afirmou nesta sexta-feira que assinou ou fechou acordos de venda para cerca de 95 por cento dos negócios ofertados, acrescentando que as duas empresas concordaram em não divulgar o valor a ser pago pela Tailored Blanks.

A transação adiciona-se a uma série de acordos de empresas chinesas com indústrias alemãs, como a compra das fabricantes de máquinas Schwing e Putzmeister pela XCMG e Sany, respectivamente.

No início desta semana, duas fontes próximas à operação disseram que um grupo de máquinas chinês está propenso a comprar a rival alemã Technologies KraussMaffei.

A ThyssenKrupp Tailored Blanks, líder no mercado de soldados a laser para a indústria automotiva, com uma participação de mercado de cerca de 40 por cento, tem vendas anuais de 700 milhões de euros e 950 funcionários em todo o mundo.